PUBLICIDADE
Notícias

Coelce é multada pelo Procon em R$5,8 milhões por conta de apagões

15:41 | 16/12/2015

Em decorrência de sucessivos "apagões" registrados em Fortaleza neste ano, o Procon da capital cearense multou a Companhia Energética do Ceará (Coelce) em R$5,8 milhões. O Procon constatou falha na prestação do serviço nos quatro apagões registrados em 2015 nos dias 7 de março, 10 de junho, 11 de novembro e 27 de novembro. Este último, no dia da chamada "black friday".

Entre janeiro e novembro de 2015, foram registrados no Procon Fortaleza 698 reclamações contra a Coelce. O dado representa um aumento de 90% em relação a todo o ano de 2014, quando ocorreram 367 notificações.

Segundo o Procon, a multa foi calculada devido ao número de reclamações registradas e o lucro anunciado pela própria empresa no primeiro trimestre de 2015, que foi de R$132 milhões.

Além da Coelce, o Procon multou ainda a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) em R$534 mil. A Chesf é responsável pela transmissão de energia aos consumidores da Coelce. As empresas têm dez dias para pagar a multa ou recorrer da penalidade.

"Um serviço tão essencial requer atenção redobrada, pois quando isso não ocorre as empresas têm de arcar com as consequências da má prestação do serviço", afirmou Cláudia Santos, diretora do Procon Fortaleza, ressaltando ainda os transtornos em segurança pública, mobilidade urbana e saúde.

 

Coelce afirma não ter sido notificada da multa

 

Por meio de nota, a Coelce afirmou não ter sido notificada pelo Procon da multa. De acordo com a empresa, as ocorrências mencionadas na punição do Procon são de responsabilidade da Chesf. Ainda segundo a Coelce, a empresa tem índices de desempenho reconhecidos por clientes e que a qualidade do fornecimentode energia éprioridade.

 

Confira a nota da Coelce na íntegra

 

A Coelce informa que não recebeu, até o momento, notificação do PROCON sobre este tema. A companhia esclarece que todas as ocorrências mencionadas foram de responsabilidade da Chesf.
 
A distribuidora ressalta que seus índices de desempenho têm sido reconhecidos pelos clientes e pelo mercado ao longo dos últimos anos e que a qualidade do fornecimento de energia continuará sendo prioridade. A Coelce informa que investiu R$ 295,6 milhões entre janeiro e setembro deste ano, um aumento de 52% em relação ao mesmo período de 2014. Os  investimentos foram destinados,  principalmente, à conexão de novos clientes e à melhoria da qualidade do serviço. Em julho deste ano, a companhia foi eleita, pela quinta vez, a melhor distribuidora de energia do Brasil pela Abradee (Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica).

 

 

 

TAGS