PUBLICIDADE
Notícias

Candidatos de concurso para Polícia Civil reclamam de adiamento no curso de formação

De acordo com os candidatos, foi informado em setembro que o curso de formação iniciaria este mês e que data teria mudado para janeiro de 2016

15:35 | 02/10/2015
Candidatos aprovados no concurso público da Polícia Civil do Ceará reclamam da não divulgação de um cronograma para o curso de formação de oficiais. Com matrícula feita em setembro, candidatos afirmam que na ocasião foi informado que o curso de formação teria início até o dia 20 deste mês. A data, contudo, teria passado por mudanças e o curso só teria início em janeiro ou fevereiro de 2016 - um ano após as provas feitas no primeiro mês deste ano.
O concurso é para 763 vagas para cargos de inspetor, escrivão e delegado da Polícia Civil.
Uma funcionária pública municipal e candidata à escrivã, que prefere não se identificar, afirmou que a notícia do adiamento começou a surgir no início da semana e "tirou o chão" de muitos dos candidatos.
"Nós compramos fardamentos (no valor de cerca de R$ 180), eu pedi afastamento do meu emprego para fazer o curso e estou receber salário, muitos chegaram a pedir demissão e teve gente que veio inclusive de outros estados e alugou apartamentos aqui, esperando que o curso iniciasse este mês", detalhou a candidata.
Ela diz que uma outra reclamação dos candidatos é que não lhes foi repassado um cronograma oficial.
A Polícia Civil do Ceará tem atualmente o menor efetivo proporcional ao número de habitantes no Brasil - com 3.408 habitantes para cada policial civil no Estado, a instituição tem efetivo de 2.576 agentes, entre escrivães, inspetores e delegados. A finalização do concurso após a formação dos policiais seria importante para o momento em que vive a Polícia Civil no Estado, de acordo com a vice-presidente do Sindicato do Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol Ceará), Ana Paula Cavalcante.
Outro ponto levantado pela vice-presidente é a evasão no efetivo dos policiais. "Há um ano e meio, cerca de 1480 policiais civis entraram em nosso quadro, mas o baixos salários fazem com que eles desistam, e procurem empregos com melhor remuneração. Eles entram já pensando em sair. Por isso, o concurso é importante, mas é preciso que se reestruture os salários de escrivões e inspetores", aponta.
O POVO Online entrou em contato com a Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp), responsável pelo curso de formação de todos os agentes de segurança do Ceará. Por meio de assessoria, a Academia informou que não detalhou nenhuma data para início do curso.
"As matrículas no Curso de Formação e Treinamento Profissional, realizadas em primeira chamada, nos dias 21, 22 e 23 de setembro de 2015, não preencheu o número de vagas previstas.  Em breve, será publicado edital de convocação para matrícula, em segunda chamada, para ocupar as vagas ociosas desta primeira convocação. Somente após a conclusão de toda a etapa das matrículas, o cronograma do Curso de Formação Profissional poderá ser definido. Ressaltamos, que serão convocados para a matrícula no Curso de Formação e Treinamento Profissional, os classificados na 1ª Fase até completar o número de vagas dispostas no edital de abertura", declarou por meio de nota.

TAGS