PUBLICIDADE
Notícias

PRF reduz 57% o número de mortes durante a operação férias

17:50 | 03/08/2015

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) reduziu em 57% o número de mortes nas rodovias federais em relação ao ano passado, na operação férias, que teve fim na última sexta-feira, 31.

Em relação ao número de acidentes e feridos graves, os números também apresentaram redução significativa, ficando em 27% e 14,85%, respectivamente.

Conforme o órgão, neste mês de férias foram registrados 217 acidentes, com 86 feridos graves e 14 óbitos. Já em 2014, o número foi de 297 acidentes, com 101 feridos graves e 33 óbitos. Em 2014, dos 33 óbitos registrados, a colisão frontal foi o tipo de acidente responsável por 30% das mortes nos acidentes.

Neste ano, a PRF diminuiu o índice em 25%. Já o índice de atropelamento por pessoa foi reduzido 8%. Em julho de 2015 foram registrados três mortes do tipo de acidente colisão frontal e um óbito no tipo atropelamento de pessoa.

Conscientização Neste mês de férias a PRF realizou 8.913 testes de alcoolemia, dos quais 52 pessoas foram autuadas por constatação e 76 por recusa ao teste e 13 pessoas foram presas por embriaguez. Foram fiscalizados 24.600 veículos e 24.285 pessoas.

O órgão ainda contabilizou 12 campanhas educativas, com 834 pessoas alcançadas; prestou auxílio a 106 usuários que se encontravam em pane mecânica nas rodovias e realizou 71 fiscalizações com radares móveis.

Ainda existe o registro de 24.317 imagens capturadas, o recolhimento de 351 animais que estavam soltos nas rodovias e 41 pessoas foram detidas por crimes diversos. Os policiais rodoviários recolheram 109 CNHs e emitiram 8.064 autos de infração. Foram retidos 374 veículos nas unidades operacionais.

Em comparação a 2014, a PRF realizou 2.404 testes de alcoolemia, dos quais 90 pessoas foram autuadas por constatação e 10 pessoas foram presas. 13.530 veículos e 14.814 pessoas foram fiscalizados.

A PRF prestou auxílio a 72 usuários que se encontravam em pane mecânica nas rodovias, recolheu 16 animais que estavam soltos nas rodovias E deteve 20 pessoas por crimes diversos. Foram recolhidas 96 CNHs e emitidos 6.554 autos de infração, sendo retidos 174 veículos nas unidades operacionais.

Operação Conforme o órgão, no mês de julho foram priorizadas ações preventivas para redução da violência do trânsito e de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, às ultrapassagens proibidas e envolvendo motocicletas ou ciclomotores, historicamente com indicadores elevados de letalidade.

TAGS