PUBLICIDADE
Notícias

Moradores de Messejana estão há cinco dias sem abastecimento de água

De acordo com a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), o problema é resultado da ação de vândalos

11:02 | 17/11/2014
Desde quinta-feira, 13, moradores dos bairros Messejana, Coaçu e Paupina estão sofrendo com a falta de abastecimento de água. De acordo com a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), o problema é resultado da ação de vândalos. Previsão é que o serviço volte à normalidade nesta segunda-feira, 17. [SELOLEITOR]

O órgão informou ao O POVO Online que vândalos estão entrando em uma das estações da Cagece, localizada próxima ao estádio Murilão, em Messejana, e fechando o registro do equipamento responsável por enviar a água para as regiões citadas acima. Segundo a Companhia, desde a semana passada, técnicos vão ao local e abrem o registro, mas vândalos estariam retornando e fechando outra vez.

A Cagece explica que o restabelecimento do serviço não é automático. É preciso um tempo para ocorrer o reequilíbrio hidráulico, responsável para o retorno do abastecimento de água. No último fim de semana, a distribuição de água estava retornando, quando a rede foi novamente desligada.

[SAIBAMAIS2]De acordo com a Companhia, câmeras serão instaladas no local para inibir a ação de vândalos. A Cagece solicita a ajuda de moradores para denunciar a situação. Quem tiver informações pode entrar em contato com o órgão através do número: 0800 275 0195.

Situação dos moradores
Com o problema, alguns moradores solicitaram caminhões-pipa para amenizar a situação. O engenheiro de suporte, Tiago Gomes, 30, que mora em um condomínio na Messejana, relatou o problema ao O POVO Online.

"Foi perrengue. Domingo (16), foi solicitado seis caminhões-pipa, pois não deu para suportar. Vamos pedir mais até que a situação seja normalizada", disse Tiago.

De acordo com o engenheiro de suporte, ele entrou em contato com a Cagece no domingo e foi informado que o abastecimento voltaria ao normal na manhã desta segunda. Porém, como o problema persistiu, ele voltou a ligar para Companhia, que informou que a previsão é que o serviço seja normalizado até as 18h.
TAGS