PUBLICIDADE
Notícias

Enem 2014: estudantes cearenses denunciam possível vazamento de tema da redação

Candidatos afirmam que receberam, horas antes da prova, imagem da página do exame contendo o tema da redação. Ministro afirma que fato está sob investigação

19:30 | 13/11/2014
NULL
NULL
Após um estudante piauiense denunciar à Polícia Federal, na tarde da última quarta-feira, 12, que recebeu a foto da prova da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) uma hora antes do exame, candidatos cearenses endossam a polêmica e afirmam que também receberam a imagem.

Uma estudante de 17 anos de uma escola particular de Fortaleza contou ao O POVO que um amigo recebeu a foto por volta de 11 horas, uma hora antes do início da prova, no último domingo, 9. "Ele já é universitário e não fez o Enem, mas me mandou um áudio pelo Whatsapp durante a prova, perguntando se era verdade. Eu só vi no final", narra a jovem, que pediu para não ser identificada. 

"Foi um choque quando vi o tema, porque não esperava que fossem cobrar publicidade infantil. Mas quando eu saí e vi a mensagem, o choque foi muito maior", descreve. Ela conta que, no dia seguinte, procurou a coordenação do colégio, para contar o caso. 

A aluna afirma que outros conhecidos também passaram pela mesma situação. Muitos duvidaram, já que desde o sábado, 9, circularam fotos falsas da prova nas redes sociais. "Uma das pessoas do colégio recebeu de um amigo de Campina Grande (PB)", diz. Para a estudante, a prova deve ser anulada. "Tem que ser investigado, não pode passar em branco. É algo importante na vida de 8 milhões que se inscreveram", opina.

Em Fortaleza para a abertura da 4ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), o ministro da Educação, Henrique Paim, declarou nesta quinta-feira, 13, que o caso está sob investigação da Polícia Federal (PF). "Temos que ter muita responsabilidade com esse tipo de denúncia, porque precisamos de uma condução correta desse assunto", avaliou. 

<iframe width="560" height="315" src="//www.youtube.com/embed/GJ2LFEDfMos" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

Ele enfatizou que a PF já abriu inquérito e está verificando "o que de fato ocorreu". "Nós estamos seguros, porque foi um processo muito bem conduzido e ao longo desse período todo de aplicação da prova nós não tivemos nenhum problema", analisou.

Gabarito
Uma questão de Matemática desta edição do Enem também está sendo alvo de dúvidas. De acordo com o professor Thiago Pacifico, do colégio Farias Brito, a questão 165 da prova amarela, sobre conjuntos numéricos, não possui resposta correta. No gabarito oficial, porém, consta que a alternativa certa é a de letra "e".

"Todos os professores concordaram comigo. Nós já pedimos a anulação, e não foi acatada. Esperamos que, por meio da repercussão na imprensa, haja alguma mudança", afirma. O supervisor da instituição Marcelo Pena comenta que será encaminhado um recurso ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, "em função da falta de rigor matemático".

Redação O POVO Online
TAGS