PUBLICIDADE
Notícias

Bandidos arrombam escola e levam alimentos e fraldas de crianças

Centro Educacional Infantil foi encontrado com salas reviradas, por volta das 17 horas do último domingo, 23. SME informou que medidas de seguranças foram providenciadas

11:47 | 24/11/2014
Objetos didáticos e de higine, além de alimentos, foram roubados do Centro Educacional Infantil Darci Ribeiro, localizado na rua Fausto Cabral, no bairro Vicente Pinzón, na tarde do último domingo, 23. A ação só foi notada por volta das 17 horas, quando o vigilante noturno do local percebeu o arrombamento, com salas reviradas e alguns objetos eletrônicos deixados na entrada.

Segundo uma professora que não quis se identificar, nos fins de semana, não há vigilantes no local durante a tarde. “Todas as portas internas foram arrombadas e os assaltantes levaram até fraldas, além de alimentos e materiais didáticos, como papéis, tintas e pincéis”, detalha a fonte.

A Polícia foi acionada e permaneceu na escola até a o início da noite, pois havia suspeita de que os assaltantes voltassem para recolher o restante dos objetos. “O cenário dava a entender que eles iriam retornar, pois aparelhos de som e outros objetos foram posicionados na entrada do portão”, explica uma das professoras.

[SAIBAMAIS 2] “Com a troca da gestão, os porteiros do fim de semana ainda não foram substituídos. É difícil não ficar apreensivo, pois várias escolas da Regional II já foram assaltadas. Na Frei Tito, uma professora teve o carro roubado. Teve outra escola que chegaram a agredir uma secretaria da escola”, detalhou a fonte.

A Secretaria Municipal de Educação (SME) informou, através de sua assessoria de imprensa, que todas as medidas de segurança referentes ao caso foram providenciadas, como abertura de um Boletim de Ocorrência e pedido de reforço policial na área.

A pasta explicou ainda que há seguranças armados nas escolas durante todas as noites. “Não trabalhamos com segurança armada durante o dia para preservar a seguranças das crianças e funcionários, mas nesses horários vigilantes monitoram a entrada e saída das portarias ”, completa a SME.

Redação O POVO Online
TAGS