PUBLICIDADE
Notícias

Servidores do campus Camocim e Ubajara do IFCE decidem aderir à paralisação

O campus Ubaja paralisa as atividades nos próximos dias 29 e 30 de outubro e o de Camocim nos dias 3 e 4 de novembro

21:17 | 22/10/2014
Depois dos servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) dos campus de Limoeiro do Norte e Tabuleiro do Norte paralisarem as atividades, o Sindicato dos Servidores do IFCE (SINDSIFCE) anunciou que mais dos campus aderem à campanha pela jornada de 30 horas semanais. O campus Ubaja paralisa as atividades nos próximos dias 29 e 30 de outubro e o de Camocim nos dias 3 e 4 de novembro.

O Sindicato dos Servidores do IFCE (SINDSIFCE) afirma que caso a portaria que altera a jornada de 30 para 40 horas não seja revogada, há possibilidade de greve. Em nota, a direção do IFCE explicou que não houve elevação de jornada, pois o regime dos servidores técnico-administrativos dos institutos federais é de 40 horas semanais.

Segundo a direção do Instituto, “a reitoria do IFCE buscou adotar o regime de 30 horas, mas, por recomendação da Controladoria Geral da União (CGU), teve de publicar portaria estabelecendo critérios para a flexibilização dessa jornada”.

Redação O POVO Online


TAGS