PUBLICIDADE
Notícias

Dois homens são presos em flagrante vendendo ingressos falsificados

09:55 | 30/10/2014
NULL
NULL

Dois homens foram presos em flagrante na noite da última terça-feira, 28, vendendo ingressos falsificados.

Policiais do 14º Distrito prenderam Jarleson Mendes Pinheiro, 27, e Wadimir Carvalho Fernandes, 29, na rua Equador, bairro Montese, no momento em que os dois tentavam vender um ingresso falsificado do parque aquático Beach Park.

De acordo com o delegado Aurélio Araújo, uma das vítimas do golpe procurou a Polícia para realizar o flagrante. A mulher, que já havia sido barrada em um show após apresentar ingresso do site "Alô Ingressos", comprado com os dois homens, mostrou interesse em adquirir uma entrada para o parque aquático e combinou o local da entrega.

[FOTO2]

 

 

 

 

 

 

 

Os golpes eram aplicados desde maio deste ano. Os acusados confeccionavam os ingressos e anunciavam através da internet.

Outras duas pessoas também afirmaram ter caído no golpe, mas o delegado Aurélio Araújo acredita que o número de vítimas pode ser bem maior.

Jarleson e Wadimir eram moradores do bairro Conjunto Ceará e não possuíam antecedentes criminais.

Em resposta

Através de nota enviada ao O POVO Online, o Beach Park comentou o caso.

Conforme a empresa, o empreendimento dispõe de 19 pontos de vendas oficiais de ingressos em Fortaleza para o parque aquático, além da própria bilheteria e do site oficial. Os ingressos são confeccionados pela própria empresa, que não garante a validade em caso de compra fora dos pontos oficiais de vendas.

A empresa afirma que no site do Beach Park, os ingressos são emitidos de forma nominal. É preciso apresentar documento com foto na entrada para ter acesso ao parque.

O POVO Online entrou em contato com a empresa "Alô Ingressos", na sede central, em Curitiba, que ficou de ligar para a reportagem. Até o momento não fomos procurados.

Redação O POVO Online

 

 

TAGS