PUBLICIDADE
Notícias

Condutores desrespeitam leis de trânsito e trafegam pela contramão na Aldeota

O POVO Online esteve na rua Barão de Aracati durante dois dias: na última segunda-feira, 8, às 18h, e nesta terça-feira, 9, às 16h

18:50 | 09/09/2014
NULL
NULL

Atualizada às 20h

Trafegar na rua Barão de Aracati, entre a avenida Heráclito Graça e a rua Torres Câmara, na Aldeota, se tornou uma travessia perigosa. O POVO Online flagrou vários motoristas trafegando pela via na contramão. Os condutores vêm pela rua João Carvalho e entram à direita na Barão de Aracati - sentido proibido. Eles ignoram placas indicando o sentido correto do tráfego e põe em risco outros motoristas, além dos pedestres. A reportagem esteve no local durante dois dias: na última segunda-feira, 8, às 18h, e nesta terça-feira, 9, às 16h. No segundo dia, agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania  (AMC) estavam no cruzamento e fizeram uma barreira com cones impedindo à manobra proibida. [SELOLEITOR]

Segundo moradores da região, a situação começou após o início da obra realizada pelo Programa de Drenagem Urbana de Fortaleza (Drenurb), da Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza (Seinf), em um trecho da rua Carlos Vasconcelos, entre a João Carvalho e Fiúza de Pontes. Por conta de uma interdição no trecho da rua Carlos Vasconcelos, os motoristas que trafegam na via precisam dobrar à esquerda na João Carvalho. A manobra dá acesso à rua Barão de Aracati, onde deve ser realizado a conversão à esquerda, no sentido da avenida Heráclito Graça. Mas alguns preferem ir contra as normas de trânsito e realizam a travessia no sentido proibido da via, colocando em risco outros condutores, pedestres e crianças de um colégio de ensino infantil localizado na Barão de Aracati.

A reportagem flagrou que os condutores que realizam o desvio proibido buscam acesso à vias como Jovino Guedes, Fiúza de Pontes, Capitão Antônio de Aguiar e Torres de Câmara. Alguns motoristas são mais ousados e, além de entrar a direita na Barão de Aracati, realizam outra ação proibida ao dobrar à direita na rua Fiúza de Pontes, na qual existe uma faixa de pare, deixando claro o sentido da via.

[FOTO3]

 

 

 

 

 

 

 

 

Reclamações
A faixa de pedestre, em frente à instituição de ensino, parece ficar invisível, visto que condutores aceleram e ultrapassam o trecho sem parar. A nutricionista Adriana Arrigoni, que costuma pegar os filhos na escola, alerta para o risco de acidentes na via. "Está difícil essa situação. Tenho medo de acidentes com as crianças. Um dia vim pegar meus filhos e vi condutores xingando motoristas que estavam no sentido correto", disse ela.

Morador da rua Barão de Aracati (próximo a rua Fiúza de Pontes), o alemão Thomas Semrau convive todos os dias com congestionamento na via. "Nos períodos mais críticos, durante a manhã e início da noite, a situação fica insuportável com os carros buzinando. O início da obra (na rua Carlos Vasconcelos) ocorreu sem planejamento", reclama.

Placa de proibido sem especificações
A reportagem flagrou também uma placa fixada em um poste na Barão Aracati, próximo à rua Jovino Guedes, com uma faixa de proibido sem especificar qual proibição.

[FOTO2]

 

 

 

 

 

 

 

O POVO Online fez um vídeo para mostrar a situação. Alguns condutores chegam a realizar duas travessias na contramão das ruas Barão de Aracati e Fiúza de Pontes. Veja as imagens abaixo:
[VIDEO1]
Procurado pelo O POVO Online, a AMC respondeu as solicitações da reportagem através de nota. Segundo o órgão, a fiscalização na região da Aldeota é realizada através de uma rota volante que percorre as principais vias do bairro coibindo todo e qualquer tipo de infração. "Hoje (nesta terça), inclusive, os agentes tiveram no local orientando os motoristas e fiscalizando as irregularidades cometidas. Quanto à sinalização, uma vistoria técnica será realizada até o final da semana para avaliar a necessidade de revitalização da mesma", diz trecho do documento.

Sobre penalidades à condutores que trafegam pela contramão, a AMC esclarece:

Transitar pela contramão de direção em:

I - vias com duplo sentido de circulação, exceto para ultrapassar outro veículo e apenas pelo tempo necessário, respeitada a preferência do veículo que transitar em sentido contrário:
Infração - grave;
Penalidade - multa;

II - vias com sinalização de regulamentação de sentido único de circulação:
Infração - gravíssima;
Penalidade - multa.

Obra de drenagem
A Seinf enviou uma nota ao O POVO Online explicando a obra executada na rua Carlos Vasconcelos. Os serviços realizados na área são de drenagem, terraplenagem e pavimentação. Além da via, a rua Padre Luiz Figueira receberá intervenções. A previsão de conclusão é de 6 meses.

"O sistema a ser implantado eliminará os problemas de alagamentos nos trechos que se encontram com as galerias de drenagem subdimensionadas e estranguladas. Após a construção das novas galerias as vias serão recapeadas com asfalto. No total, serão feitos 445,73 metros de drenagem, 3019,71 m² de pavimentação, construção de 28 bocas de lobo e recuperação de 10 bocas de lobo existentes", explica o órgão em nota.

Serviços:

* Rua Carlos Vasconcelos
Trecho: Entre as Ruas João Carvalho e Fiuza Pontes
Drenagem com galeria celular

Trecho: Entre as Ruas Fiuza Pontes e Pe. Luiz Figueira
Drenagem com galeria celular

Trecho: Entre as Ruas João Carvalho e Pe. Luiz Figueira
Recuperar 10 bocas de lobo existentes;
Construir 19 bocas de lobo;
Reaterro, pavimentação com pedra tosca e recapeamento com asfalto.

* Rua Padre Luiz Figueira
Trecho: Entre as Ruas Carlos Vasconcelos e Barão e Aracati
Drenagem com galeria celular;
Construção de 9 bocas de lobo;
Reaterro, pavimentação com pedra tosca e recapeamento com asfalto.

Lucas Mota

TAGS