PUBLICIDADE
Notícias

Cobrador do terminal do Conjunto Ceará morre após ser baleado em serviço

Conforme o tenente-coronel Nascimento, os policiais já estão trabalhando na ocorrência para identificar o autor dos disparos

20:04 | 12/09/2014

Atualizada às 22h37

Um cobrador do terminal do Conjunto Ceará - que fica na cabine de uma das entradas do local - morreu após ser baleado na noite desta sexta-feira, 12. A vítima é João Batista Queiroz Silva, 21 anos. Segundo o tenente-coronel Nascimento, da Polícia Militar, responsável pelo patrulhamento da área, os policiais trabalham com duas linhas de investigação e está descartada a hipótese de assalto.

Conforme o militar, dois homens em uma moto rondavam o local antes da ação criminosa. Uma das linhas de investigação da Polícia trabalha com a possibilidade de ter sido uma retaliação, visto que o cobrador havia registrado um boletim de ocorrência porque estava sendo ameaçado no bairro Antônio Bezerra. Os policiais também cogitam a hipótese de crime passional.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro), o cobrador levou dois tiros e foi levado ao Instituto Dr. José Frota (IJF), mas não resistiu aos ferimentos.

O presidente do Sintro, Domingo Neto, esteve no local do incidente e realizou uma assembleia com os trabalhadores. A categoria paralisou as atividades, mas devem retornar ao serviço neste sábado, 12. "A política que foi toma é que amanhã (sábado) vai ser normal. Mas a gente não pode dar certeza. Vamos tirar o dia para colher todas as informações sobre a situação e tomar providências", declarou Domingos.

Internauta relata susto em terminal
[SAIBAMAIS2]Uma internauta, em contato com O POVO Online, através do Whatsapp, deu algumas informações sobre o momento dos disparos. "Eu estava no ônibus dentro do terminal, quando ouvi três disparos". De acordo com a leitora, a Polícia chegou rápida ao local do crime. "Assim que ocorreu (a ação criminosa), chegaram três viaturas da Polícia", completa.

Reforço do policiamento

Segundo o tenente-coronel Nascimento, a área próxima ao terminal tem apoio de uma viatura da PM para realizar ações de combate ao crime. Mas, após o ocorrido, ele afirma que o policiamento do local será reforçado. A previsão é que três viaturas façam o patrulamento da região.

Redação O POVO Online

TAGS