PUBLICIDADE
Notícias

Terceiro acusado de atear fogo em comerciante é preso

O suspeito estava foragido há seis meses

17:14 | 26/08/2014

Foi preso na última sexta-feira, 22, no Fórum Clóvis Beviláqua, no bairro Edson Queiroz, Rafael Sanzio Pinheiro da Silva Baltazar, 21, acusado de participar da ação criminosa que ateou fogo em um comerciante no dia 10 de fevereiro deste ano.

Na época, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Polícia prendeu outros dois envolvidos, Antônio Cristiano Souza da Silva, 23, e Lucas Eduardo do Nascimento Araújo, 19.

[SAIBAMAIS 1]

O acusado, que estava foragido desde fevereiro, responde por homicidio, roubo e formação de quadrilha.

Segundo com o delegado da Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), Ricardo Romagnoli, o acusado confessou informalmente a participação na ação criminosa. Após a prisão, o suspeito deve ser encaminhado para o 1° Distrito Policial para prestar esclarecimentos.

Caso

Três homens chegaram ao comércio de Raimundo Nonato, jogaram gasolina no comerciante e atearam fogo. Segundo a Polícia, o trio agiu por vingança, pois Nonato teria realizado uma denúncia contra traficantes da área, da gangue "GM", sobre a existência de uma escopeta de calibre 12 com o grupo.

Redação O POVO Online com informações da repórter Lusiana Freire

TAGS