PUBLICIDADE
Notícias

Semana de Combate a Leishmaniose no Quintino Cunha segue até sexta

Ações educativas e preventivas visam a promoção de debates e discussões sobre o controle da doença, que atinge cães e seres humanos

18:37 | 04/08/2014
Escolas do bairro Quintino Cunha recebem até sexta-feira, 8, ações de combate a Leishmaniose realizadas pela Secretaria da Regional III, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Operação inclui palestras educativas, confecção de material informativo, oficinas de desenhos e pinturas, abordagem educativa, panfletagem e sessão de vídeo.

Segundo a Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF), as escolas Jesus Maria José e José Carlos da Costa Ribeiro, localizadas no bairro Quintino Cunha, foram as primeiras a receberem as ações, que ocorrem desde sexta-feira, 1°.

[SAIBAMAIS 1] “É de grande importância despertar a população para os riscos da doença, é necessário também que os profissionais de saúde estejam a postos para orientar a sociedade”, disse Helio Miranda, supervisor geral do Núcleo de Educação em saúde e Mobilização Social da Regional III.

Encerramento da ação terá passeata educativa, com concentração no Colégio CERE na Avenida do trabalhador, S/N, no bairro Quintino Cunha.

Doença
A leishmaniose é uma doença crônica, de manifestação cutânea ou visceral, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde. É causada por protozoários flagelados, uma zoonose comum ao cão e ao homem.

Os principais sintomas são: palidez da pele e ou das mucosas , febre irregular, prolongada; anemia; indisposição; falta de apetite; perda de peso; inchaço do abdômen devido ao aumento do fígado e do baço.

Redação O POVO Online com informações da PMF

TAGS