PUBLICIDADE
Notícias

Quadras esportivas no conjunto Curió estão degradadas e incomodam moradores

Frequentadores afirmam que os espaços são utilizados por crianças e jovens diariamente, mesmo as quadras apresentando situação de risco, como concretos desabando e com os alambrados enferrujados

18:42 | 27/08/2014
NULL
NULL

No conjunto Curió, núcleo habitacional que integra o bairro Lagoa Redonda, duas quadras utilizadas diariamente por jovens e crianças estão com o piso rachado, paredes desgastadas e grades com ferrugem. Moradores se incomodam porque os espaços funcionam como lazer para quem habita no conjunto.

Antônio José Fernandes, 48, mora próximo a uma das quadras e lembra que já jogou futebol durante muito tempo no local, mas algumas vezes a bola era furada quando batia numa grade pontiaguda e enferrujada do espaço. “O alambrado está danificado e enferrujado, é arriscado, inclusive, alguém adquirir tétano se chegar a se ferir”.

[SELOLEITOR]

São duas quadras divididas pela ruas Isabel Ferreira e Demontier Quental. Antônio José diz que há quatro anos luta para conseguir uma reforma para as quadras. “Em 2010 abri um protocolo na regional VI solicitando uma revitalização das quadras, mas nada aconteceu. Este ano, fui atrás de saber como andava o processo, e pediram pra eu aguardar até junho. Como não houve resposta, liguei para a regional e eles disseram que só em setembro”.

O morador sente-se injustiçado pelo descaso do poder público no bairro onde mora. “A prefeitura faz inúmeras obras em bairros da classe alta da cidade, mas no Curió todos ficam a ver navio. É uma população carente que necessite uma integração e o esporte é o meio mais propício para integrar e tirar o jovem da criminalidade”.

[SAIBAMAIS2]

Elisangela Silva de Aquino, 41, mora no conjunto há 15 anos, e comenta que “a última manutenção foi feita pelos próprios moradores, tirando dinheiro do próprio bolso para comprar tinta e outros materiais”.

Ela também fala da insegurança, pois “a trave de futebol já caiu em cima de algumas crianças”. Elisangela relata que “apesar da falta de estrutura ela é muito solicitada. Tem festivais de quadrilha e eventos evangélicos e até aniversário, além disso, toda tarde tem jogo de futebol”.

Prefeitura

O POVO Online entrou em contato com a Regional VI, onde foi solicitado um e-mail com os questionamento sobre a ausência de manutenção das quadras. Até o fechamento da matéria, o órgão ainda não havia se pronunciado. 

Clique aqui e veja fotos das quadras no conjunto Curió

Esta matéria foi sugerida por um leitor pelo WhatsApp do O POVO, no número (85) 8201 9291. Mande você também informações em tempo real para O POVO.

                                                                                 Redação O POVO Online

TAGS