PUBLICIDADE
Notícias

Prefeitura implementa faixas exclusivas para o transporte público

A Prefeitura de Fortaleza vai implementar, na próxima segunda, 25, as faixas exclusivas para ônibus em duas avenidas: a da Universidade e a Carapinima. O objetivo é dar maior fluidez para o transporte público nas vias

16:51 | 22/08/2014
Está marcada para a próxima segunda, 25, a data da implantação das faixas exclusivas para ônibus na Avenida da Universidade e avenida Carapinima. O objetivo da Prefeitura de Fortaleza é reduzir em até 44% o tempo do deslocamento do transporte público, entre ônibus, vans e táxi com passageiros, no trajeto entre o bairro Benfica e o Centro de Fortaleza. Cerca de 300 mil pessoas, segundo a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), devem se beneficiar com o projeto. As faixas devem totalizar 4,4 km e vão ser colocadas no lado direito da via.
 
Segundo o técnico do Plano de Ações Imediata de Trânsito e Transportes (Paitt), da Prefeitura de Fortaleza, Dante Rosado, além de aumentar a velocidade do transporte público, as faixas deverão ajudar na preservação do meio ambiente. “O objetivo principal é aumentar a velocidade dos deslocamentos. Mas com esse aumento, também vamos reduzir os gastos com combustível e, por consequência, reduz também a emissão de gases poluentes”, explica Dante Rosado.
 
Os serviços de sinalização das faixas tiveram início no dia 18 deste mês e estão sendo realizados no período noturno para não prejudicar a fluidez do tráfego. Na Avenida da Universidade, por onde costumam circular, diariamente, 42 linhas de ônibus, a faixa exclusiva será desde a rua Padre Cícero até a avenida Domingos Olímpio. No trecho entre as ruas Paulino Nogueira e Juvenal Galeno, serão destinadas duas faixas para os ônibus, em função do maior número de veículos e desejos de paradas. 
 
Já a avenida Carapinima compreenderá uma faixa por sentido, entre a rua Padre Francisco Pinto e a avenida Duque de Caxias, beneficiando as 37 linhas de ônibus. A exceção será o trecho entre a rua Juvenal Galeno e avenida 13 de Maio, onde também serão destinadas duas faixas para os ônibus.
 
Os abrigos dos passageiros dos ônibus, que eram de concreto, já foram substituídos pelos abrigos metálicos. A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) segue realizando o trabalho de redimensionamento dos pontos de paradas para que exista uma distância média de 500 metros entre eles. Além disso, está em fase final a elaboração da comunicação visual que estará presente em todos os abrigos das faixas exclusivas oferecendo informações aos passageiros.
 
Será permitido o tráfego de ônibus, vans e táxi nas faixas exclusivas. Veículos particulares poderão circular desde que respeitem as regras de circulação, só devendo adentrar a faixa para realizar conversões à direita ou acesso ao lote, numa distância limite entre 100 e 300 metros em virtude da característica das vias.
Conforme as placas de sinalização vertical que serão instaladas ao longo das vias, as faixas funcionarão nos dias úteis, das 5h às 21 horas e, aos sábados, de 5h às 16 horas. Aos domingos e feriados, o tráfego é livre. A fiscalização será feita em três etapas: adaptação, educação e penalização, como explica Luiz Alberto Sabóia, titular da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP). 
 
“No primeiro momento, não haverá multa, apenas orientações. No segundo momento, 30 dias após a implantação da faixa, nós iremos implantar a fiscalização eletrônica e já começaremos a registrar os abusos e notificar, ainda em caráter educativo. Somente após mais 30 dias, terá início a terceira fase em que haverá, se for o caso, penalização com multa”, informa.
 
Cerca de 122 quilômetros de faixas exclusivas para transporte público serão implantados em Fortaleza até julho de 2015. A inclusão das vias que farão parte do programa considerou alguns critérios, entre eles, o elevado volume de ônibus que circulam por elas e a necessidade da via possuir três ou mais faixas.
 
Redação O POVO Online 

TAGS