PUBLICIDADE
Notícias

Polícia Militar Ambiental recebe autonomia para notificar e apreender paredões de som

A certificação permite que os policiais tenham as mesmas funções dos agentes da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). As fiscalizações devem iniciar em 10 dias

17:38 | 18/08/2014

Agentes do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPMA) receberam, na manhã desta segunda-feira, 18, autonomia para fazer autos de constatação e apreensões de paredões de som. A equipe do BPMA recebeu o certificado do curso de Capacitação e Combate à Poluição Sonora, realizado entre os dias 11 e 14 deste mês.

A certificação permite que os policiais tenham as mesmas funções dos agentes da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), que já realiza fiscalização em paredões de som. As operações devem iniciar em 10 dias.

O subcomandante do BPMA, major Ricardo Mota, afirma que esta autonomia para os policiais do BPMA marcou um avanço na fiscalização de paredões de som. “O combate à poluição sonora sempre foi uma preocupação constante para o BPMA, inclusive, temos uma grande parceria com a Seuma, que já atua nesta área. Os policiais podem fazer autos de constatação com a ajuda do decibelímetro e resguardados pela Lei do Paredão”.

O major ressalta que um dos maiores índices de denúncias que a Seuma recebe está relacionada à questões referentes à poluição sonora. “Agora, são mais pessoas habilitadas a combater este mal, pois isso é uma demanda elevada para nós. Estamos querendo intensificar a luta para diminuir o número de paredões de som que incomoda tanto”.

Qualquer pessoa pode denunciar infrações por meio do site da Seuma ou pelo telefone 3452-6923. Podem ser feitas também pelo 190, da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) e pelo 3101-3545, da Companhia de Policiamento Militar Ambiental (CPMA).

Redação O POVO Online

TAGS