PUBLICIDADE
Notícias

Doze alunos representam o Ceará na Olimpíada do Conhecimento 2014

Alunos do Senai, Senac e IFCE participam da competição, que deve acontecer em Belo Horizonte (MG)

13:56 | 12/08/2014

Doze alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/CE), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Instituto Federal de Tecnologia no Ceará (IFCE) vão representar o Ceará na Olimpíada do Conhecimento 2014 (OC2014). A competição será realizada entre os dias 3 e 6 de setembro, na ExpoMinas, em Belo Horizonte (MG). O evento ocorre a cada dois anos e é organizado pelo Senai Nacional.

 

A Olimpíada do Conhecimento é o maior torneio de competição profissional das Américas. Este ano, a OC2014 contará com mais de 800 competidores, número sete vezes maior do que na primeira edição, em 2001. A novidade em 2014 é a participação de alunos do Senac e dos Institutos Federais de Tecnologia de todo o país.

 

Nos quatro dias de prova, os competidores de 58 ocupações realizarão atividades semelhantes às que enfrentariam em situações reais do dia a dia na profissão. O desempenho dos concorrentes servirá como medidor para avaliar o ensino oferecido pelas instituições. Os vencedores são os que obtiverem melhores notas.

 

Para Robson Braga de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Industria (CNI), o ensino profissional é um fator imprescindível para a agenda de competitividade da indústria brasileira e para a inclusão social. De acordo com Robson Braga, o SENAI conta com quatro milhões de inscrições anualmente.

 

Na última competição em 2012, seis alunos do SENAI Ceará foram medalhistas na etapa nacional.

 

Olimpíada do Conhecimento do SENAI

Trata-se de competição bienal de educação profissional, que conta com quatro fases: etapa escolar, estadual, nacional e WorldSkills. Nessa Olimpíada, são premiados estudantes de cursos técnicos e de aprendizagem profissional do Senai e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Este ano, alunos do Instituto Federal de Educação também entram na competição.

 

As provas testam as habilidades pessoais e os conhecimentos técnicos exigidos para o desempenho de atividades na indústria e nos setores de comércio e serviços. Os competidores podem ter, no máximo, 21 anos e devem interpretar e resolver desafios semelhantes aos enfrentados no ambiente de trabalho. Isso durante quatro dias de provas.

 

Outro ponto importante é que os quesitos de avaliação são definidos a partir das exigências do mercado de trabalho e das atualizações tecnológicas das empresas, que a cada edição, é claro, podem mudar.

 

Além de toda a visibilidade proporcionada aos estudantes pelo evento, o SENAI também se beneficia. Isso porque a Olimpíada do Conhecimento forma um conjunto de indicadores que permitem a instituição avaliar a qualidade do ensino. Também ajuda o SENAI a manter os cursos sintonizados com as necessidades das empresas, pois apontam tendências tecnológicas. Esse fator ajuda a orientar a atualização dos currículos e identificar mudanças nos perfis profissionais.

 

Conheça os competidores do Ceará

Senai - Centro de Formação Profissional Waldyr Diogo de Siqueira

Administração de Sistema de Redes - José Maria da Silva Carneiro Filho

Eletrônica Industrial - Lúcio Militão Marreiro

Senai - Centro de Formação Profissional Antonio Urbano de Almeida

Aplicação de Revestimento Cerâmico - Maria Elayne Sousa Silva

Construção em Alvenaria - Andréa Emiliano Calixto

Mecatrônica - Fernando Antonio Cruz Nabuco

Mecatrônica - Thiago Assis Pedro

Senai - Centro de Formação Profissional Wanderillo de Castro Câmara

TI - Soluções de Software - José Pereira da Silva Neto

 

Senai - Centro Regional de Treinamento em Moagem e Panificação Senador José Dias de Macêdo

Confeitaria - Renan Moreira Reinaldo

Panificação - Ana Carla Silva Ferreira

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - AR Ceará

Estética e Bem-estar - Sara Ariane Aguiar Lima

Técnico de Enfermagem - Isa Mayara Félix de Sales

IFCE - Instituto Federal do Ceará

Mecânica de Automóveis - Henrique Silva de Araújo

 

Redação O POVO Online 

TAGS