PUBLICIDADE
Notícias

15 crianças sofrem envenenamento em Caucaia

As crianças passaram mal numa escola estadual, no Cumbuco, e foram encaminhadas à UPA de Caucaia. Uma delas, em estado mais grave, foi levada ao IJF

21:34 | 22/08/2014

Um total de 15 crianças, entre oito e dez anos, sofreu envenenamento e deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, por volta das 13 horas desta sexta. Uma delas, uma menina em estado mais grave, foi encaminhada ao Instituto José Frota, em Fortaleza, mas passa bem. Elas continuam internadas, sem previsão de alta e aguardam resultado de um exame. Nenuma delas corre risco de morrer.

O coronel Carlos Barbosa, comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, informou que existem duas versões para o envenenamento. A primeira é a de que se trataria de um descuido dos pais. Uma das crianças teria levado um saco com o veneno para matar formigas para uma escola estadual, no Cumbuco, e ofereceu aos colegas. Já em sala de aula, as crianças começaram a reclamar de tontura, ânsia de vômito, dores na barriga e foram levadas para a Unidade logo que as professoras reconheceram que o produto se tratava de veneno. A professora deu leite para as crianças e as levou para a Unidade de Pronto Atendimento, em Caucaia. 

A segunda versão é que homem de bicicleta teria dado o pacote para uma das crianças, que distribuiu entre os amigos, também no Cumbuco. “Sorte que o veneno não era forte”, afirmou o coronel. Segundo a diretora da UPA, Maísa Gonçaves, as crianças não têm previsão de alta, mas estão estáveis.

 

Redação O POVO Online 

TAGS