PUBLICIDADE
Notícias

Quatro presos em flagrante e 65 boletins de ocorrência durante o jogo entre Brasil e Colômbia

Um dos flagrantes ocorreu na Deprotur, por furto. Outros dois foram registrados no castelão, por furto e falsidade ideológica. Quarto flagrante foi por dano ao bem público, durante protesto contra a Copa

22:26 | 04/07/2014
A partida entre Brasil e Colômbia, disputada no Castelão, em Fortaleza, terminou com quatro pessoas presas e 65 Boletins de Ocorrências (BOs) registrados por furtos, perda e extravio de documentos, tanto no estádio como na Beira Mar. Os dados são do balanço parcial da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Outras quatro pessoas ainda assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Um dos flagrantes, da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), na Praia de Iaracema, foi por furto. Além disso, duas pessoas assinaram TCO, uma por uso de drogas e outra por desacato. No local, também foram registrados quatro BOs, dois deles por extravio de documentos, um por furto e o outro por roubo.

[SAIBAMAIS 3] Na Delegacia Móvel, foram 12 BOs por furto e dano ao patrimônio.O 16° Distrito Policial também teve registro de 12 BOs, mas relacionados a extravio de documentos e furto. No Castelão, duas pessoas foram presas, uma delas por furto e a outra por falsidade ideológica. Além disso, a delegacia do estádio teve um TCO por falsa identidade e 32 registros de BOs relacionados a furtos de ingressos e extravio de documentos.

No 34° Distrito Policial, onde foram encaminhados trinta manifestantes após protesto na avenida Dedé Brasil, houve um flagrante e uma assinatura de TCO. Erico Silva Fernandes, de 24 anos, acusado de pichar a viatura da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e Waceila de Oliveira Miranda, por desacato.

Redação O POVO Online

TAGS