PUBLICIDADE
Notícias

PM e vigilantes são presos por extorsão, tráfico de drogas e porte ilegal de armas

O trio foi detido em flagrante extorquindo uma mulher, nesta quarta-feira, 24, na comunidade do Oitão Preto, no bairro Moura Brasil

20:22 | 24/07/2014

Um policial militar (PM) e dois vigilantes foram presos nesta quarta-feira, 24, na comunidade do Oitão Preto, no bairro Moura Brasil, acusados por crime de extorsão qualificada, tráfico de drogas e porte ilegal de armas. O PM Antônio Euvaldo Ferreira Nunes, 45 anos, e os vigilantes José Abdom Gonçalves Filho, 28, Jose Wesley Tavares nascimento, 34, foram detidos em flagrante extorquindo uma mulher.

Segundo a titular da Delegacia de Assuntos Internos (DAI) da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD), Lucia Costa Vale, a Polícia chegou aos acusados através de denúncia anônima. Eles foram flagrados dentro de um carro Fox, cor preta, de posse de drogas e três pistolas.

A vítima ficou por volta de duas horas no poder do trio, que exigiu dinheiro em troca de não acusa-la de tráfico de drogas. Primeiro foi pedido R$ 10 mil, depois foi baixando até chegar a R$ 3 mil. No entanto, eles só conseguiram R$ 130. O trio ainda chegou a ligar para a mãe da vítima, que
já respondeu por tráfico de drogas.

O carro do PM foi localizado em outro local, com 27 pedras de crack no interior do veículo. O PM nega que a droga seja dela. O policial foi levado para o 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) e vai responder administrativamente pelo crime. Os vigilantes foram levados para a Delegacia de Capturas e Polinter (Decap).

Redação O POVO Online com informações da repórter Lusiana Freire

TAGS