PUBLICIDADE
Notícias

Mercadorias sem nota fiscal são apreendidas pela PRF

Foram duas fiscalizações distintas, que apreenderam aparelhos celulares e produtos de beleza

10:55 | 16/07/2014

Na noite desta terça-feira, 15, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, no município de Chorozinho, diversas mercadorias que estavam sendo transportadas irregularmente. Foram dois flagrantes de irregularidades durante fiscalização de rotina na BR-116.

A primeira ação aconteceu por volta das 20h, na altura do quilômetro 69. Ao fiscalizarem um veículo Volvo, com placas do CE, os policiais encontraram diversas mercadorias falsificadas e sem notas fiscais. No veículo, que fazia o itinerário São Paulo – Fortaleza, foram encontrados:

- 700 cartões de memória micro 2GB
- 300 cartões de memória micro 4GB
- 1300 cartões de memória micro 8GB
- 295 cartões de memória micro 16GB
- 1300 pendrive de 4GB
- 1000 pendrive 8GB
- 4 celulares Samsung S5
- 100 celulares M17
- 150 celulares 7375
- 30 celulares LG L1
- 20 celulares LG L3
- 60 celulares 5282
- 50 celulares NokiaN500
- 50 celulares 3850
- 30 celulares LG L5
-1500 celulares LG A270
- 500 baterias avulsas
- 500 carregadores avulsos
- 500 fones de ouvidos avulsos

Todo o material apreendido foi encaminhado à Receita Federal, na manhã desta quarta-feira, 16. No momento, o material está chegando em Fortaleza. 

Outra apreensão na BR-116

A outra apreensão aconteceu no km 70, por volta das 21h53, durante fiscalização a um ônibus que seguia de São Paulo para Fortaleza. Ao verificarem as bagagens, os agentes da PRF encontraram em poder de uma passageira 23 (vinte e três) caixas de cosméticos diversos, sem nota fiscal.

A mulher, que afirmou ser dona de uma salão de beleza, transportava 101 mil reais em produtos (shampoo, condicionador, máscaras de cabelo, entre outros), mas apenas 12 mil reais declarados em nota fiscal. A mercadoria foi encaminhada à Secretaria da Fazenda (Sefaz), onde foi aplicada uma multa de 30 mil reais.

Redação O POVO Online

TAGS