PUBLICIDADE
Notícias

Manifestantes são detidos em protesto na Dedé Brasil

Do grupo de 30, apenas dois continuam presos. Eles são acusados de dano ao patrimônio público. Protestantes dizem que tiveram mochilas revistadas e foram cercados pela PM

18:08 | 04/07/2014

Atualizada às 21 horas

Trinta pessoas foram conduzidas ao 34º Distrito Policial, no Centro, acusadas de dano ao patrimônio público, na tarde desta sexta-feira, 4, em protesto realizado na avenida Dedé Brasil, nas proximidades da Arena Castelão. Apenas dois deles,  Érico Silva Fernandes, 24, e Waceila de Oliveira Miranda, 36, continuam na delegacia. O restante foi liberado. 

O jovem foi preso em flagrante, segundo a Polícia, pixando a viatura do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da Polícia Militar. A mulher, segundo o inspetor Wallace Veloso, foi detida por desacato.

Os protestantes dizem que a Polícia revistrou as mochilas dos participantes. De acordo com informações de um dos manifestantes, o ato foi cercado por policiais e os cartazes contra a Copa foram recolhidos. A Polícia ainda obrigou o grupo a sentar no chão e revistou a mochila dos participantes.

 

Redação O POVO Online

TAGS