PUBLICIDADE
Notícias

Manifestação dos trabalhadores da construção civil termina em confronto com a Polícia

Com a chegada dos manifestantes nas proximidades da Beira Mar, os policiais utilizaram bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha

09:51 | 30/06/2014
NULL
NULL

Atualizada às 14h

Os trabalhadores da construção Civil realizaram ato para marcar o oitavo dia de greve na manhã desta segunda-feira, 30. A categoria realizou a concentração às 9h na Praça Portugal e partiu em direção ao cruzamento das avenidas Raimundo Girão com Barão de Sturdat.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil da Região Metropolitana de Fortaleza (STICCRMF), a Polícia bloqueou todas as entradas para a avenida Beira Mar.

Com a chegada dos manifestantes nas proximidades da Beira Mar, os policiais utilizaram bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha - os trabalhadores revidaram. Segundo o Sindicato, um manifestante ficou ferido.

A greve da categoria foi iniciada na última segunda-feira, 23, quando o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil da Região Metropolitana de Fortaleza (STICCRMF) decidiu pela paralisação dos serviços após impasses envolvendo a negociação de plano de saúde com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-CE).

Redação O POVO Online

TAGS