PUBLICIDADE
Notícias

Trabalhador de companhia de bebidas morre eletrocutado

18:05 | 07/04/2014

Atualizada às 20h25min

Um homem que prestava serviços terceirizados para a empresa de bebidas Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) morreu eletrocutado no último domingo, 6. Segundo a Polícia, o acidente ocorreu em uma das sedes da companhia, localizada em Aquiraz.

De acordo com uma fonte que não quis se identificar, havia uma ambulância no local, mas o desfibrilador não funcionou. Segundo a fonte, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tardou 45 minutos para chegar ao local.

A Delegacia Metropolitana de Eusébio, que é plantonista e atende ocorrências de Aquiraz durante o fim de semana, confirmou o caso, mas não soube informar o nome da vítima. De acordo com a delegada Ana Lúcia, o relatório do acidente foi enviado à Delegacia Metropolitana de Aquiraz nesta segunda-feira, 7.

O titular da Delegacia Metropolitana de Aquiraz, o delegado Tarcísio Coelho, informou que ainda não tinha conhecimento sobre o fato.


A Ambev enviou uma nota de posicionamento ao O POVO Online na tarde desta segunda-feira, 7. Confira abaixo:

"A Ambev lamenta profundamente o ocorrido e informa que está prestando toda a assistência aos familiares da vítima, que era um trabalhador terceiro a serviço da companhia. A Ambev já abriu procedimento de apuração interno para esclarecer o fato".

A assessoria de comunicação da empresa informou ao O POVO Online que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) demorou cerca de 25 a 30 minutos para chegar ao local, contestando a informação repassada pela fonte á nossa reportagem. Disse ainda que o desfiblilador não é utilizado nesse tipo de atendimento (choque elétrico).

Redação O POVO Online

TAGS