PUBLICIDADE
Notícias

"Eles estavam dormindo na hora do incêndio", diz familiar de cearenses mortos no Japão

21:46 | 26/03/2014
NULL
NULL

Patrícia Viana, 31, e o filho, Artur, 7, estavam dormindo quando foram surpreendidos por um incêndio no condomínio em que moravam na província de Shiga, no Japão, por volta das 3h da madrugada desta quarta-feira, 26.

A informação foi enviada pelo marido da cearense, o paulista Jorge de Lima Higa, 35, ao irmão de Patrícia através de uma mensagem de texto no celular. "Ele estava em pânico", informou ao O POVO Online Conceição Pernambuco, tia de Patrícia.

Segundo Conceição, três casas foram afetadas pelo incêndio. Lá, residem ainda sete famílias brasileiras. Jorge, que trabalhava durante a noite, foi avisado da tragédia ainda no trabalho. Patrícia trabalhava durante o dia em uma indústria de eletrodomésticos. "Eles tinham uma vida boa. Trabalhavam muito", disse a tia. O casal se conheceu no Japão, mas optaram por ter o filho em Fortaleza, retornando em seguida.

A perícia ainda não informou aos familiares as causas do incêndio. Existe a suspeita de que o fogo tenha surgido de um aquecedor. Em razão do frio, é comum o uso de aquecedores nas casas. O marido, que ficou apenas com a roupa do corpo, está instalado na casa de amigos. Irá aguardar os trâmites de cremação do corpo para transportar as cinzas para o Ceará.

 

Redação O POVO Online

TAGS