PUBLICIDADE
Notícias

Postos vacinam crianças contra sarampo neste fim de semana

O final de semana é destinado exclusivamente para vacinação das crianças. As demais pessoas que precisarem atualizar o calendário de rotina podem ser vacinadas durante a semana, portando o cartão de vacina

15:24 | 07/02/2014
NULL
NULL
Os postos de saúde de Fortaleza abrem neste sábado, 8, e domingo ,9, para vacinar contra sarampo as crianças entre seis meses e seis anos, independente da dose que elas tenham recebido anteriormente. No sábado, todos os postos de saúde da Capital irão vacinar no horário de 8h às 17h. No domingo, serão disponibilizadas seis unidades no mesmo horário.

Segundo a Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF), o final de semana é destinado exclusivamente para vacinação das crianças. As demais pessoas que precisarem atualizar o calendário de rotina poderão ser vacinadas durante a semana, portando o cartão de vacina. O usuário que não possuir esse documento será vacinado após o término da campanha, quando for atingida a meta de 160.551 mil crianças menores de cinco anos.

[SAIBAMAIS 2] As mulheres que tiveram filho recentemente também devem ser vacinadas para, durante a amamentação, imunizar o bebê . As pessoas que já foram vacinadas na infância não necessitam de revacinação.

Veja os postos que abrem domingo, 9:

- Posto de Saúde Paulo Marcelo: rua 25 de Março, 607, no Centro. Contato: (85) 3433-9701
- Posto de Saúde Carlos Ribeiro: rua Jacinto Matos, 944, no Jacarecanga. Contato: (85) 3452-6370
- Posto de Saúde Parangaba: rua Germano Franklin, 495, na Parangaba. Contato: (85) 3131-7337
- Posto de Saúde Waldemar Alcântara: rua Silveira Filho, 903, no Jóquei Clube. Contato: (85) 3488-3253
- Posto de Saúde Dr. José Paracampos: rua Alfredo Mamede, 250, no Mondubim. Contato: (85) 3433-4914
- Centro de Saúde Messejana: rua Cel. Guilherme Alencar, s/n, na Messejana. Contato: (85) 3452-1660

Doença
O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmissível e extremamente contagiosa, muito comum na infância. Febre alta, acompanhada de complicações respiratórias, como tosse e coriza, além de conjuntivite, são os primeiros sinais de sarampo.

Cerca de quatro dias depois, surgem manchas vermelhas, que começam na cabeça e descem para o restante do corpo. A vacina contra o sarampo é a medida preventiva mais eficaz contra a doença. Até o a última quarta-feira, 6, foram vacinadas 85.586 mil crianças, cerca 47,95%, número inferior à meta de 95% do Ministério da Saúde.

Redação O POVO Online

TAGS