PUBLICIDADE
Notícias

"Poluição por esgotos domésticos provocou espuma em riacho", diz Semace

18:55 | 13/02/2014
NULL
NULL
espuma que se formou no riacho Martinho, no bairro Castelão, no último dia 4 foi provocada por presença de dejetos químicos somada ao volume de chuva do período. Esse é o resultado do laudo feito pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) após coleta da água. 

Confira a nota de esclarecimento sobre laudo da Semace:

"A espuma observada no riacho Martinho surgiu a partir da poluição do açude Uirapuru por esgotos domésticos. A chuva fez com que o açude transbordasse pelo sangradouro e com o aumento da vasão houve uma agitação nas águas que, somada com a presença de dejetos químicos (detergentes provenientes de esgotos domésticos), produziu as espumas.

[SAIBAMAIS 2]Para exemplificar, seria o mesmo que colocar detergente em um recipiente com água e agitar, o resultado é a formação de espuma. Neste caso, a agitação é provocada pelo transbordamento do sangradouro do açude Uirapuru".

Segundo a Semace, o trabalho foi executado em apoio à Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) uma vez que o riacho está localizado no município. 

No dia 4 de fevereiro, moradores e frequentadores do local pararam carros, bicicletas e motocicletas para olhar o fenômeno estranho, que era avistado de longe e se espalhou verticalmente por outros trechos do riacho. 

À época, moradores já sugeriam que a intensa poluição do riacho seria o motivo principal para que o material tenha se formado.

Redação O POVO Online

TAGS