PUBLICIDADE
Notícias

Policiais Civis e Federais transformam o aterro da Praia de Iracema em cemitério

17:20 | 23/02/2014
NULL
NULL
O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol/CE), em parceria com o Sindicato dos Policias Federais do Ceará (Sinpof/CE) enterraram 4.462 cruzes de madeira na areia da Praia de Iracema na manhã deste domingo, 23. A intervenção é para chamar atenção ao número de vítimas da violência no Ceará em 2013. "A ação é para que as pessoas tenham noção da epidemia que o estado enfrenta. Cada cruz representa uma mãe ou um pai de família morto pela violência", explicou a vice-presidente do Sinpol/CE, Ana Paula.

Algumas poucas cruzes foram enterradas separadamente, representando os casos que foram investigados e solucionados. Para a vice-presidente do SINPOL/CE "são ocorrências onde as vítimas fazem parte de uma elite privilegiada".

Segundo a assessoria da Sinpof/CE, mais de 500 policiais civis, federais, familiares, parentes de vítimas da violência participaram da ação. "O descaso do governo está muito grande e não vamos aceitar isso. Investiram na polícia militar, mas esqueceram da polícia civil. Temos a metade do efetivo terceirizado, que não tem treinamento técnico para ser policial", afirmou o presidente do Sinpol/CE, Gustavo Simplício.

TAGS