PUBLICIDADE
Notícias

Hospital de Messejana realiza implante cardíaco inédito na rede pública do Ceará

20:05 | 12/02/2014
O Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM) realizou na última semana um implante da válvula aórtica utilizando cateteres, procedimento inédito na rede pública do Estado, em um paciente de 82 anos. 

A cirurgia ocorreu no último sábado, 8. O aposentado Ozaman Arruda Linhares, portador de estenose aórtica grave, passou pelo procedimento sem que fosse necessário abrir o tórax, já que o implante foi realizado via acesso venoso, pela região da virilha. 

Ozaman estava internado na UTI Coronariana do Hospital de Messejana. Ele complementa a recuperação na enfermaria.

Entenda o procedimento 
O procedimento (Transcatheter Aortic Valve Implantatation) durou duas horas. "Por não precisar parar o coração e colocar o paciente em circulação extra-corpórea, a chance dos demais órgãos, como cérebro, rins e outros serem afetados é consideravelmente reduzida. Também é menor a possibilidade de um acidente vascular e de infecção", explica o coordenador do Setor de Hemodinâmica, Erirtônio Façanha. 

O médico detalhou ainda que o paciente não tem dor torácica, pois o tórax não é aberto, a recuperação é mais rápida com curto período na UTI e poucos dias de hospitalização. Conforme o médico, trata-se de um método novo, que surgiu em 2012. 

"Pelo custo elevado, o tratamento não é disponibilizado pelo SUS. Mas casos selecionados, de maior risco, poderão ser analisados e discutidos, para que algum paciente com perfil possa ser beneficiado com a aquisição deste tipo de prótese por parte do HM", afirmou o diretor Geral do Hospital de Messejana, Ernani Ximenes.
 
A equipe
Participaram do procedimento: Ronaldo Mont'Alverne Filho, Erirtônio Façanha e Pedro Lemos (Incor-SP), da área cardiovascular/intervencionista; Roberto Lobo e João Marcelo, cirurgiões cardiovasculares; Sandra Falcão, ecocardiografista; Roberto Ibiapina, anestesista, além da equipe de enfermagem, corpo clínico da UTI e unidade G.

Redação O POVO Online

TAGS