Participamos do

Sírios estão alojados na Paróquia da Paz no Meireles

23:35 | Jan. 14, 2014
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
Os onze cidadãos sírios que fugiram para o Ceará estão alojados na Paróquia da Paz, no bairro Meireles, em Fortaleza. Os estrangeiros foram flagrados com passaportes falsos no Aeroporto Pinto Martins dia 3 de dezembro, tentando embarcar para Lisboa, capital de Portugal.

A titular da Delegacia de Imigração da Polícia Federal (Delemig), no Ceará, delegada Alexsandra Reis, explica que ao serem descobertos, os sírios pediram refúgio no solo cearense, em virtude da guerra no país asiático.

A Polícia Federal vai encaminhar um pedido de refúgio ao Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), vinculado ao Ministério da Justiça, em Brasília. Segundo a delegada Alexsandra, o comitê se reúne apenas duas vezes ao ano. O próximo encontro deve ocorrer ainda no início do ano. O segundo, apenas no segundo semestre. Caso queiram deixar o Ceará, a Polícia Federal deverá ser obrigatoriamente comunicada.

A delegada Alexsandra Reis acrescenta que os sírios não esclareceram ainda de que forma conseguiram os passaportes falsos nem porque fizeram rota tão extensa. A rota de fuga partiria da Turquia, passando pelo Brasil para então retornarem à Europa.

O padre Virgínio Asêncio Serpa, da Paróquia da Paz, conta que os sírios estão sendo mantidos pela comunidade, por meio de doações. Um cômodo foi improvisado para que eles se acomodassem. O pároco explica ainda que a comunicação é feita por meio de gestos, pois os sírios falam apenas árabe.

Os 11 sírios chegaram em solo brasileiro dia 17 de dezembro último, em um voo vindo da Turquia. A primeira parada foi o Rio de Janeiro. Dia 3 de janeiro, eles vieram para Fortaleza, onde foi percebido que os passaportes da Romênia eram falsos. O grupo foi encaminhado para a Superintendência da Polícia Federal, onde foi ouvido com o auxílio de um intérprete.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente