PUBLICIDADE
Notícias

Condenado por tráfico interestadual de drogas tem negado pedido de redução de pena

11:46 | 22/05/2013
Anderson Pedro Piacentine, condenado em maio de 2012, pelo crime de tráfico interestadual de entorpecentes, pela 1ª Vara de Delitos sobre Tráfico e Uso de Substância Entorpecentes de Fortaleza, deve continuar preso. A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) negou pedido de redução de pena do réu e manteve a condenação de cinco anos e dez meses de reclusão, no regime inicialmente fechado.

Anderson Pedro foi preso em julho de 2011, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, com 4.894 kg de cocaína proveniente de Rondônia. O material seria levado para Teresina. Ele confessou o crime.

A defesa ingressou com apelação criminal no TJCE, pedindo a redução da pena. Na última segunda-feira, 20, a 2ª Câmara Criminal manteve o tempo de reclusão fixado pelo Juízo de 1º Grau.

Redação O POVO Online

TAGS