PUBLICIDADE
Notícias

Enfermeiros e técnicos de enfermagem do HGF paralisam atividades

18:54 | 31/01/2013

Enfermeiros e técnicos de enfermagem do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) paralisaram as atividades durante a tarde desta quinta-feira, 31, por falta de pagamento dos salários.

Mais de mil profissionais estariam sem receber o pagamento desde dezembro, de acordo com a presidente da cooperativa dos profissionais de enfermagem do Ceará (Coopen), Najla Gurgel.

A presidente da Coopen disse que a paralização vai continuar até que a data do pagamento seja repassada. Ela explica que, devido a atividade intensa do HGF, os funcionários se revezam em um esquema de paralisação que ocorre durante o dia, com 50% dos profissionais trabalhando em cada turno.

Segundo Najla, a cooperativa teve que antecipar o pagamento de 30% dos profissionais, pois muitos já não tinham como se deslocar para o trabalho.

Outra reivindicação da Coopen é o reajuste do valor da hora trabalhada por plantão - ajustado em R$ 5 desde o ano de 2010.

A presidente disse ainda que os contratos da cooperativa com a Secretaria de Saúde do Estado (SESA) terminou em dezembro do ano passado e desde então, cerca de 3 mil profissionais cooperados trabalham sem contrato.

Ainda de acordo com Najla, uma paralização geral da categoria está programada para o próximo dia 6 de fevereiro. Em dezembro, foi enviado ofício à SESA, ao Ministério Público e à Comissão de Saúde da Ordem dos Advogados do Estado do Ceará (OAB), informando da decisão.

 

O POVO Online entrou em contato com a assessoria do HGF, mas as ligações não foram atendidas.

Redação O POVO Online

TAGS