PUBLICIDADE
Notícias

Sem estrutura, médico recebe pacientes em calçada de posto de saúde

12:17 | 17/08/2012
NULL
NULL

Os moradores que precisaram ir ao posto de saúde do Distrito de Candeias, em Cedro, Centro Sul do Ceará, tiveram de ser atendidos na calçada pelo médico da unidade nesta quinta-feira, 16. O caso foi fotografado por moradores da região e ganhou repercussão após ser compartilhado nas redes sociais nesta sexta-feira, 17. As imagens mostram um médico sentado à mesa colocada na calçada na frente do Posto de Saúde onde funciona o Programa de Saúde da Família de Assunção com pacientes ao redor dele segurando receitas e aguardando atendimento.

Por telefone, O POVO Online entrou em contato com o médico Rubens Lima, que disse ter feito um protesto contra as más condições da unidade. “Trabalho aqui há quatro anos e há dois não consigo realizar atendimento no posto de saúde, que não possui as mínimas condições de funcionamento. O prédio está cheio de morcegos, a água está contaminada e o cheiro de lá é muito forte”, explicou. Desde então, o médico atende no Salão Paroquial ou na Associação Comunitária de Candeias, onde relatou já ter colocado pacientes em cima de mesas e bancos.


A atitude também foi justificada pelo médico devido à reforma do salão paroquial e a ocupação da Associação Comunitária, onde estava sendo realizada outra atividade. “Perguntaram se eu queria trabalhar sem ganhar dinheiro e decidi atender na calçada do posto em forma de protesto. Não considero que realizei atendimentos, apenas receitei remédios. Até ofereceram uma casa particular, mas eu recusei ir para lá”, esclarece. Ainda segundo Rubens, os atendimentos nesta sexta-feira estão sendo realizados no prédio do Grupo Escolar.

Resposta pelo Facebook
O POVO Online tentou entrar em contato com a secretaria de saúde de Cedro, mas ligações não foram atendidas. No entanto, o titular da pasta de saúde, Vicente Ferrer Matias de Souza, prestou esclarecimento no grupo “Eleições Cedro-CE”, onde foram postadas as fotos do caso. No comentário, o secretário acusa a atitude do médico de oportunismo eleitoral e diz ainda que o prédio precisa de reforma, mas que a estrutura não impede a realização de atendimentos.

[FOTO2]

“Reconheço, que esta unidade necessita de uma reforma, e que, este projeto já está em tramitação no Ministério da Saúde, a exemplo da Cachoeira dos Marques, Pitombeira, Cachoeira dos Coelhos, Mosquito e Recanto. Contudo, a situação em que esta unidade se encontra, não impede o atendimento, conforme fora feito até agora, inclusive, pelo odontólogo e enfermeira, os quais não são políticos e não estão à frente da campanha política local”, escreveu.

O secretário revelou ainda que já está em fase de licitação o projeto para reforma do Posto de Saúde da Família de Assução, onde o médico Rubens Junior é lotado, além da reforma de outras duas unidades e conclusão de mais dias. “Creio que, não se trata de descaso da administração pública municipal com a saúde, mas, uma atitude desesperada para se tentar denegrir a imagem da mesma para tentar se chegar de qualquer forma ao Poder”, ressaltou na rede social.

Elias Bruno
[email protected]

TAGS