PUBLICIDADE
Notícias

3.327 armas de fogo apreendidas de janeiro a julho no Ceará

Somente na Capital, foram 1529 apreensões

16:17 | 21/08/2012
Durante os sete primeiros meses deste ano, 3.327 armas de fogo foram apreendidas no Ceará. Somente em Fortaleza foram 1.529 armas recolhidas pela Polícia. Este dado representa uma média de sete apreensões feitas por dia, na Capital cearense. Os dados são baseados em boletins divulgados mensalmente pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

De acordo com balanço, os 10 municípios do Interior onde houve o maior número de apreensões foram Maracanaú (172), Caucaia (169), Jauzeiro do Norte (130), Sobral (86), Iguatu (46), Crato (45), Maranguape (38)e Canindé (36).Em contrapartida, em 28 municípios do Ceará, não houve registros de recolhimentos de armas.

Em Fortaleza, a Barra do Ceará é o bairro que lidera o ranking de apreensões de armas de fogo, assim como o de crack. Até julho, foram 84 armas ilegais recolhidas pela Polícia no bairro. Em seguida, vem a região das localidades de Jangurussu/Conjunto Palmeiras (71), Bom Jardim 50), Messejana (44), Barroso (40), Bonsucesso (35), Centro (34) e Quintino Cunha (31).

Destino das armas
As armas apreendidas no Ceará, incluindo as brancas, como facas, são encaminhadas, primeiro, para os fóruns e depois para a 10ª Região Militar, em Fortaleza, para serem destruídas.
Redação O POVO Online

TAGS