PUBLICIDADE
Notícias

Semam e Creci fazem retirada de placas irregulares de venda e aluguel de imóveis

08:40 | 03/03/2012

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Ceará (Creci-CE) faz neste sábado, 3, em parceria com a Secretaria Municipal de Controle Urbano e Meio Ambiente (Semam), a primeira retirada das placas irregulares de venda e aluguel em Fortaleza. Os fiscais começam o trabalho em um condomínio da avenida Barão do Rio Branco, onde segundo o Creci, já foram identificadas pelo menos seis placas afixadas de forma irregular. O trabalho percorre ainda os bairros Aldeota e Meireles.

A ação faz parte de um acordo assinado na última quarta-feira, 29, entre os dois órgãos. Segundo o presidente do Creci, Apollo Scherer, o conselho está orientando os corretores para que as placas sejam retiradas espontaneamente, a fim de evitar multas. Neste sentido, foi providenciada uma cartilha para que os profissionais imobiliários tomem conhecimento da legislação e das normas definidas no acordo entre Creci e Semam.

Negociações

De acordo ainda com a direção do Creci-CE, por meio de negociações com a Semam, o conselho conseguiu que fosse permitida a fixação de placas nos postes internos, grades e muros dos imóveis. No entanto, as placas devem seguir um padrão de 0,50cm X 0,50 cm.

O Creci informa ainda que as placas retiradas não serão devolvidas para os infratores, e sim encaminhadas para reciclagem.

Redação O POVO Online

TAGS