PUBLICIDADE
Notícias

Prefeitura pedirá reintegração de posse da sede da AMC após prédio ser ocupado por grevistas

18:30 | 06/02/2012
A Prefeitura de Fortaleza anunciou, no início da noite desta segunda-feira, 6, que deverá pedir a reintegração de posse do prédio sede da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), ocupada hoje por agentes de trânsito grevistas. A Procuradoria Geral do Município pedirá ainda a ilegalidade e a abusividade da greve.

De acordo com a prefeita Luizianne Lins, os servidores usaram de violência para invadir a unidade, agredindo com spray de pimenta os funcionários que não aderiram às paralisações. Segundo ela, as imagens gravadas pelo circuito interno de TV do prédio serão avaliadas para que os responsáveis pelo ato sejam identificados e punidos.

Durante a ocupação, os servidores teriam ameaçado quebrar as portas do órgão e chegaram a cortar a energia do prédio por cerca de 30 minutos. Veículos de funcionários teriam sido danificados, com as válvulas dos pneus cortados. “Não é justificável que os agentes de trânsito que recebem o melhor salário do País ajam dessa maneira”, criticou a prefeita.

O presidente da AMC, Fernando Bezerra, classificou a ocupação do prédio do órgão como um “ato de vandalismo” praticado pelos funcionários da AMC. De acordo com ele, cerca de 150 servidores invadiram a unidade e expulsaram os servidores que estavam no local.

Durante a ocupação, uma funcionária teve de ser socorrida após se sentir mal por conta do spray de pimenta usado pelos grevistas. Por volta das 10h, a presidência da AMC teve de encerrar as atividades e liberar os funcionários.

Redação O POVO Online
 

TAGS