PUBLICIDADE
PUBLIEDITORIAL 99pop

Aplicativo de transporte fortalece ações de proteção à mulher

O 99Mulher, ainda em fase de implementação, surge como uma nova categoria, em que motoristas mulheres poderão escolher atender apenas passageiras mulheres

11/03/2020 07:00:25
Fortaleza foi uma das primeiras cidades do Nordeste a receber câmeras de segurança da 99 (Foto: Divulgação 99)
Fortaleza foi uma das primeiras cidades do Nordeste a receber câmeras de segurança da 99 (Foto: Divulgação 99)

Aplicativos de mobilidade urbana pelo mundo inteiro intensificam ações para cada vez mais garantir a segurança de motoristas e passageiros. No Brasil, a 99 lançou a campanha “Todos pela Segurança. Segurança para Todos” para apresentar funcionalidades de proteção que o aplicativo já tem, além das que estão sendo implementadas. Entre as estratégias está o 99Mulher, nova categoria em que as motoristas mulheres poderão escolher atender apenas passageiras do mesmo gênero. O sistema ainda está em fase de implementação e vai funcionar em todo o País.

Os itens de segurança apresentados pela 99 são para antes, durante e depois das corridas. Como, por exemplo, os sistemas preventivos, ferramentas de proteção e atendimento humanizado para passageiros e motoristas. Além disso, há uma inteligência artificial para mapear e evitar riscos antes das corridas, ferramentas como câmeras de segurança e compartilhamento de rotas disponíveis durante o trajeto e uma central telefônica 24h para emergências, que em caso de necessidade oferece apoio imediato.

Monitoramento é um diferencial. Fortaleza foi uma das primeiras cidades do Nordeste a receber câmeras de segurança da 99. Segundo dados de pesquisa realizada em 2019, mais de 99,99% das corridas realizadas se encerram em segurança. Casos de assédio tiveram redução de 50% por milhão de corridas, além da redução de 60% dos casos graves.

“Segurança é nossa prioridade máxima. Estou particularmente orgulhoso do trabalho que as 150 pessoas da nossa equipe dedicada exclusivamente à proteção dos usuários fizeram neste ano. Mediante uma combinação de tecnologia de ponta e inovações de processos, nós diminuímos esse índice de casos graves”, afirma Thiago Hipólito, diretor de segurança da 99.

A auxiliar de professora Janaína Reis, 22, não tem carro particular e usa 99 há quase dois anos para atividades diárias e deslocamento para trabalho, passeios no fim de semana etc. “É fundamental ter a oportunidade de conhecer sobre os meios de segurança de um aplicativo tão utilizado. O passageiro se sente mais seguro ao ter essas informações”, conta.

Segundo Janaína, as medidas da 99 dão segurança à mulher que não se sentia segura em andar sozinha. “Essas alternativas conseguem até mesmo inibir a ação de pessoa mal-intencionada. Para mim, enquanto mulher e passageira que gosto da minha liberdade de ir e vir, faz toda diferença.” Janaína aponta que os meios de segurança como câmeras e central de atendimento reforçam o cuidado que o app tem. “É por meio dessas atitudes que passamos a usar com mais frequência, confiar no serviço que está sendo oferecido e divulgar as vantagens para os demais”, conta.

Novas ferramentas em implantação

Gravação de áudio: permite que passageiros e motoristas façam gravações diretamente pelo app durante as corridas. A ferramenta foi lançada na China pela Didi no ano passado e chega ao Brasil.

Preenchimento automático de CPF: o perfil do passageiro será preenchido com o nome registrado no CPF, facilitando a identificação do usuário pelos motoristas.

Foto do passageiro com identificação facial: está sendo implementada uma ferramenta que verifica se existe uma pessoa real no momento da captura da imagem.

Segurança antes, durante e depois das viagens

O início de tudo é garantir a legalidade do motorista cadastrado no 99. No momento do cadastro do motorista parceiro, é solicitada ao condutor uma selfie segurando a carteira de habilitação. Ele também precisa subir fotos da própria carta e do licenciamento do veículo para que a 99 possa verificar seu histórico público a partir dos documentos solicitados. Outra ação envolve a tecnologia de detecção facial.

A plataforma, periodicamente, faz reconhecimento facial com todos os motoristas. Além disso, a 99 convida constantemente passageiros a verificarem se a imagem do condutor bate com quem realizou a corrida antes e depois da chamada.

Antes mesmo de começar a corrida, é possível tomar algumas precauções. Informações como nota, avaliação, foto de perfil, número de corridas, verificação de antecedentes criminais, CNH verificada, foto com CNH, e reconhecimento facial estão disponíveis no app e o passageiro pode conferir enquanto aguarda o motorista.

Para garantir que nenhum caso de preconceito aconteça durante as corridas, a 99 disponibiliza uma plataforma que reúne cursos de combate ao assédio, racismo, LGBTQfobia e outras formas de preconceito. Para facilitar o acesso, a plataforma tem formato digital.

Se ainda com tantas estratégias preventivas, houver alguma situação de insegurança, é possível acionar o kit segurança. Um botão em formato de escudo na tela do app permite aos usuários, motoristas e passageiros compartilharem rotas em tempo real e adicionar até cinco contatos de confiança, além do botão para ligar direto para a Polícia.

Iniciativa já em fase de expansão no Brasil, são as câmeras de segurança. Fortaleza foi uma das primeiras do Nordeste a receber o dispositivo que visa adicionar mais uma camada de proteção nas corridas para motoristas e passageiros. Os dispositivos são conectados à Central de Segurança da 99, que funciona 24h por dia, sete dias por semana, monitorando possíveis ocorrências em corridas. Quando os alertas são gerados, a câmera garante acesso às imagens em tempo real, e os dados são mantidos em confidencialidade.

“Hoje, mais de 99,99% das nossas chamadas terminam em segurança”, diz Thiago Hipólito, diretor de segurança da 99. “Mas não estamos tranquilos com esse número e vamos nos manter dedicados em sempre promover mais proteção antes, durante e depois das corridas”, finaliza ele.

Tecnologia contra o assédio

A 99 possui o Rastreador de Comentário, uma inteligência artificial que vasculha automaticamente as avaliações das usuárias ao fim das corridas para a identificação dos casos de assédio ou violência sexual. Com essa tecnologia, a empresa pode priorizar esses casos e acolher a vítima de maneira humanizada mais rapidamente, bem como tomar todas as providências possíveis, incluindo o bloqueio e colaboração com a investigação das autoridades.

Todos os usuários, sejam eles motoristas ou passageiros, estão protegidos em suas corridas realizadas pela 99 pelo Seguro contra acidentes pessoais. Desde o aceite até a finalização das corridas, passageiros e motoristas são cobertos.

Além disso, tanto motoristas quanto passageiros podem bloquear, de forma anônima, a pessoa com quem realizou a corrida para que elas não se cruzem novamente em viagens futuras dentro da 99. Isso sem falar que por qualquer emergência é possível acionar a Central telefônica composta por uma equipe de profissionais especializados, disponíveis 24h por dia, sete dias por semana.