PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Petrobras avalia efeitos da explosão, mas diz que não haverá desabastecimento

20/08/2018 11:30:00
O diretor de Refino e Gás Natural da Petrobras, Jorge Celestino, afirmou ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, que a empresa ainda avalia os prejuízos da explosão ocorrida na Refinaria de Paulínia, em São Paulo, mas tranquilizou a população sobre um possível risco de desabastecimento de combustíveis.

Segundo o executivo, não há risco de faltar derivados no mercado interno porque a produção da própria empresa e estoques são suficientes para compensar as perdas decorrentes do acidente.

No exterior, Celestino evitou definir prazos de normalização da operação. Disse que uma equipe ainda avalia os prejuízos e compensações.

Agência Estado

TAGS