PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Irã diz que francesa Total se retira do país, após ameaça de sanção dos EUA

20/08/2018 08:40:00
O ministro do Petróleo do Irã, Bijan Zanganeh, afirmou nesta segunda-feira que a gigante francesa Total se retirou do país, após cancelar um acordo de US$ 5 bilhões, que tinha duração prevista de 20 anos, no campo de gás natural offshore South Pars. A empresa europeia decidiu tomar a atitude após os Estados Unidos ameaçarem com sanções os que fizerem negócios com Teerã.

O site do Parlamento iraniano, ICANA.ir, citou a declaração de Zanganeh. O ministro disse que, após a Total anunciar a decisão, o Irã está no processo de "buscar uma alternativa", sem dar detalhes. A companhia francesa ainda não comentou o assunto.

Neste mês, o Irã disse que uma estatal chinesa, a CNPC, assumiu 80% do projeto. Anteriormente, ela detinha 30% das ações dele.

As sanções dos EUA contra o Irã entraram em vigor em agosto, após o governo do presidente americano, Donald Trump, se retirar em maio do acordo nuclear internacional com Teerã. Fonte: Associated Press.

Agência Estado

TAGS