Participamos do

Sachsida recebe Guedes às 11h para entregar ofícios sobre privatizações

Na primeira manhã de trabalho como novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida receberá seu antigo chefe, o ministro da Economia, Paulo Guedes, para entregar dois ofícios referentes aos planos anunciados na quarta-feira, 11, para a privatização da Petrobras e da Pré-Sal Petróleo (PPSA), responsável pelos contratos da União do pré-sal. O encontro ocorrerá às 11 horas (de Brasília) desta quinta-feira, 12, no Minas e Energia (MME).

De acordo com a pasta, será entregue a Guedes um ofício com o pedido de inclusão da PPSA no Plano Nacional de Desestatização (PND) e outro documento informando o início do estudo para a privatização da Petrobrás.

Para avançar com a venda da Petrobras, porém, o governo dependerá de uma mudança na legislação que determina que a União detenha mais de 50% do capital da empresa.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Meu primeiro ato como ministro de Minas e Energia é solicitar ao ministro (da Economia) Paulo Guedes, presidente do Conselho do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos), que leve ao conselho a inclusão da PPSA no PND (Programa Nacional de Desestatização) para avaliar as alternativas para sua desestatização", disse Sachsida em declaração à imprensa na noite de quarta-feira.

E completou: "Ainda como parte do meu primeiro ato, solicito também o início dos estudos tendentes à proposição das alterações legislativas necessárias à desestatização da Petrobras."

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar