Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Setor público tem superávit primário de R$ 3,471 bi em fevereiro, revela BC

O setor público consolidado (Governo Central, Estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) apresentou superávit primário de R$ 3,471 bilhões em fevereiro, informou o Banco Central (BC). Foi o melhor resultado para o mês desde 2012, quando as contas fecharam com R$ 9,514 bilhões no azul. Em janeiro de 2022, havia sido registrado superávit recorde de R$ 101,833 bilhões e, em fevereiro de 2021, houve déficit foi de R$ 11,770 bilhões.

Com a trégua na greve dos servidores do BC até esta segunda-feira, 2, a autarquia começou a atualizar na semana passada as divulgações que estavam atrasadas, como as estatísticas fiscais. Mas os dados apresentados no período da manhã desta segunda ainda estão defasados. As informações de fevereiro deveriam ter sido conhecidas no final do mês passado e, em abril, os resultados de março. Os servidores vão retomar a greve a partir da terça-feira, 3, e o Banco Central ainda não se pronunciou sobre o efeito nas divulgações.

O resultado primário reflete a diferença entre receitas e despesas do setor público, antes do pagamento dos juros da dívida pública. O superávit primário consolidado de fevereiro surpreendeu e ficou acima do teto do intervalo das estimativas de analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Projeções Broadcast, que iam de déficit de R$ 45,000 bilhões a superávit de R$ 2,900 bilhões. A mediana era negativa em R$ 9,705 bilhões.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Composição

O resultado fiscal de fevereiro foi composto por um déficit de R$ 19,181 bilhões do Governo Central (Tesouro Nacional, Banco Central e INSS).

Já os governos regionais (Estados e municípios) influenciaram o resultado positivamente com R$ 20,172 bilhões no mês.

Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 15,571 bilhões, os municípios tiveram resultado positivo de R$ 4,601 bilhões.

As empresas estatais registraram superávit primário de R$ 2,480 bilhões.

Acumulado do ano

As contas do setor público acumularam um superávit primário de R$ 105,304 bilhões no ano até fevereiro, o equivalente a 7,04% do Produto Interno Bruto (PIB), informou o Banco Central.

O superávit fiscal no ano até fevereiro ocorreu na esteira do superávit de R$ 58,248 bilhões do Governo Central (3,89% do PIB).

Os governos regionais apresentaram um superávit de R$ 40,150 bilhões (2,68% do PIB) no período. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 33,854 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 6,295 bilhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 6,906 bilhões no período.

Acumulado em 12 meses

As contas do setor público registraram superávit primário em 12 meses até fevereiro. O Banco Central informou um resultado positivo de R$ 123,427 bilhões no período de 12 meses finalizado no segundo mês do ano, o equivalente a 1,40% do PIB. Até janeiro, o resultado primário consolidado era superavitário em R$ 108,186 bilhões.

O superávit fiscal nos 12 meses encerrados em fevereiro é composto por um saldo positivo de R$ 1,728 bilhão do Governo Central (0,02% do PIB).

Já os governos regionais apresentaram um superávit de R$ 112,545 bilhões (1,27% do PIB) em 12 meses até fevereiro. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 89,459 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 23,086 bilhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 9,154 bilhões no período.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar