Participamos do

Anatel: Leilão do 5G resulta em R$ 4,8 bilhões de arrecadação para o Tesouro

19:28 | Nov. 09, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governo federal vai arrecadar R$ 4,8 bilhões com a realização do leilão da tecnologia 5G, que aconteceu na semana passada, informou nesta terça-feira, 9, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Realizado nos últimos dias 5 e 6, o certame movimentou um total de R$ 47,2 bilhões, entre valor de preço - o que as empresas pagam pela licença leiloada - e os compromissos assumidos de acordo com o edital.

O valor que será depositado na conta do Tesouro precisou de um prazo para ser fechado em razão do ágio ofertado pelas empresas - ou seja, quanto as vencedoras propuseram a mais em relação ao preço mínimo estabelecido pela Anatel em cada lote leiloado - somado em R$ 5 bilhões.

Segundo o presidente da Comissão Especial de Licitação do 5G na Anatel, Abraão Balbino e Silva, a Anatel deu nesta terça-feira um prazo de sete dias para as empresas vencedoras do certame se manifestarem sobre o parcelamento ou não do valor devido ao Tesouro. Silva afirmou que, na hipótese de todas as empresas dividirem o pagamento no máximo, a União receberia neste ano R$ 240 milhões.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Já a soma do ágio que foi convertido em novas obrigações fechou em R$ 2,6 bilhões. Com isso, foram adicionados os seguintes compromissos: 1.164 trechos de rodovia com ao menos 4G, totalizando 4.367 quilômetros, 1.700 localidades com 5G e 27 municípios com backhaul de fibra óptica.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags