Participamos do

Bazar com produtos doados pela Receita Federal terá drones e celulares com até 50% de desconto

As entidades que serão beneficiadas são a Fundação Terra, o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Qualificação Profissional (Idesq) e a Sociedade Beneficente Amigos de Cristo (Sobac)
12:18 | Nov. 08, 2021
Autor Alan Magno
Foto do autor
Alan Magno Estagiário de jornalismo
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Entre os dias 11 e 15 de novembro ocorrerá um bazar beneficente com produtos doados pela Receita Federal em Fortaleza. Ação busca arrecadar verbas para três instituições sociais com atuação na Capital cearense. Entre os produtos que serão vendidos estão drones, smartphones, relógios, perfumes, roupas e outros artigos com descontos de até 50%.

As entidades que serão beneficiadas são a Fundação Terra, o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Qualificação Profissional (Idesq) e a Sociedade Beneficente Amigos de Cristo (Sobac). Os produtos foram apreendidos pela Receita e doados para entidades realizarem o bazar parar arrecadar fundos para suas respectivas ações sociais.  

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Entre os produtos está ainda um carregamento de garrafas de azeite de oliva argentino e artigos de casa, mesa e banho, além de utensílios de cozinha. O bazar contará ainda com itens para pesca e camping, peças de automóveis e motos e equipamentos médicos.

Como participar do bazar?

Ação ocorrerá de forma presencial em local ainda a ser divulgado pelas entidades sociais que organizam o bazar. A visitação, porém, ocorrera apenas por meio de agendamento a ser disponibilizado no perfil do Instagram da Fundação Terra (@fundacaoterra) e do Idesq (@idesq). Será cobrada uma taxa de R$ 5 para entrada no bazar. 

Como vai funcionar o bazar?

Além do dia, os interessados deverão escolher um horário para visita e cumprir o agendamento com rigor para poder usufruir do bazar. Medida busca evitar aglomerações na ação em virtude da pandemia de Covid-19.

Outra regra definida pelas instituições é de que cada pessoa poderá comprar no máximo R$ 2 mil em produtos no bazar. Além disso, serão aceitos pagamentos em espécie e em cartões de débito e crédito. O sistema de pagamento instantâneo brasileiro, Pix, não será aceito como forma de pagamento e para compras no crédito a opção de parcelamento somente estará disponível para vendas acima de R$ 300. 

Serviço

Bazar com produtos doados pela Receita Federal

Quando: 11 a 15 de novembro 

Formas de pagamento: à vista em dinheiro, cartões de débito e crédito

Valor máximo de compras por pessoa: R$ 2 mil

Taxa de entrada: R$ 5

Acesso somente por agendamento: nos perfis do Instagram da Fundação Terra (@fundacaoterra) e do Idesq (@idesq_)

Veja apps que vão te ajudar a economizar em compras online

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags