PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Fitch eleva previsão para crescimento do PIB global em 2021, de 6,1% a 6,3%

12:57 | 15/06/2021

A Fitch Ratings aumentou a previsão para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) global em 2021, de 6,1% a 6,3%, em meio à firme recuperação de mercados desenvolvidos. Segundo a agência, a revisão reflete à reabertura "mais rápida do que o esperado" nos Estados Unidos e na Europa e o impacto de medidas de apoio público.

Segundo relatório Cenário Econômico, divulgado nesta terça-feira, 15, a instituição aumentou a projeção para a expansão da atividade econômica norte-americana este ano, de 6,2% a 6,8%.

Também houve melhora nas estimativas de zona do euro (4,7% a 5%) e Reino Unido (de 5% a 6,6%).

Já a previsão de alta do PIB Japão foi cortada de 3,6% a 2,5%.

A Fitch manteve a previsão de crescimento da China em 8,4%, mas diminuiu a dos emergentes excluindo-se o país asiático, de 6% a 5,9%. Para 2023, a expectativa é de que o PIB mundial avance 4,3%.

Segundo o relatório, as pressões positivas na inflação ao consumidor dos EUA devem persistir ao longo deste ano, mas arrefecer em 2022.

"Esperamos que a inflação do CPI dos EUA caia de 4,1% no final de 2021 para 2,2% no final de 2022, mas depois suba novamente para 2,5% em 2023, à medida que o produto se move ainda mais acima do potencial depois que o mercado de trabalho se recupera totalmente no final de 2022" prevê a agência, que acredita que o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) elevará a taxa básica de juros no quarto trimestre de 2023, um ano antes do que o previsto anteriormente.