PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Atividade econômica do Ceará recua 4,68% em março

De acordo com dados do Banco Central, o IBCR-CE apresentou recuo na passagem de fevereiro para março. Na comparação com março de 2020, alta de 3,09%

Samuel Pimentel
12:35 | 17/05/2021
Índice de atividade econômica do Ceará em 2021 apresenta recuperação. (Foto: BARBARA MOIRA)
Índice de atividade econômica do Ceará em 2021 apresenta recuperação. (Foto: BARBARA MOIRA)

O Índice de Atividade Econômica Regional - Ceará (IBCR-CE) do mês de março apresentou recuo de 4,68% na comparação com o mês anterior no dado dessazonalizado. Os dados da pesquisa foram apresentados nesta segunda-feira, 17, pelo Banco Central. O IBCR-CE de março, considerado a prévia do Produto Interno Bruto (PIB), apresentou alta na comparação com igual mês de 2020, de 3,09%.

LEIA TAMBÉM | Preço médio da gasolina sobe R$ 0,15 no Ceará; máxima chega a R$ 5,97

Ainda de acordo com os dados, em 12 meses, a atividade econômica do Ceará retraiu 1,86%, muito por causa dos efeitos da pandemia. Já na análise dos dados de 2021 após um trimestre, o índice apresenta variação positiva de 1,15%.

Nordeste

No IBCR-Nordeste, os dados são parecidos com o do Ceará. Entre fevereiro e março retração, de 1,24%. Na comparação entre março de 2020 e o mesmo mês de 2021, alta de 2,63%. Em 12 meses, vemos retração de 1,93%. Já na análise do índice com base nos resultados de 2021, temos variação positiva de 0,78%.

A economia de Pernambuco se mostra a mais ativa neste início de ano. Segundo o Banco Central, a atividade econômica no estado apresenta alta de 3,94% em 2021, apesar de variação negativa de 0,94% entre fevereiro e março.

A economia da Bahia, por outro lado, vem retraindo. Em 2021, a atividade econômica já caiu 1,87%, puxado principalmente pelo resultado negativo entre fevereiro e março, de 1,98%.