Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Consumo aparente de bens industriais cai 1,2% em março ante fevereiro, diz Ipea

O consumo doméstico de bens manufaturados caiu 1,2% em março ante fevereiro, mostra o Indicador Ipea Mensal de Consumo Aparente de Bens Industriais, divulgado nesta quinta-feira pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Em fevereiro, o crescimento ante janeiro foi nulo e, com isso, o indicador fechou o primeiro trimestre com alta de 4,1% em relação ao quarto trimestre de 2020. Na comparação com março de 2020, o indicador saltou 12,9%.

O consumo aparente de bens industriais é definido como a parcela da produção industrial doméstica destinada ao mercado interno acrescida das importações. Na passagem de fevereiro para março, a produção interna destinada ao mercado nacional (bens nacionais) caiu 3,9%. Já as importações de bens industriais aumentaram 0,4% na comparação com fevereiro.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar