PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Agência Reuters terá editora-chefe pela primeira vez

Formada em Harvard e na London School of Economics (LSE), Galloni começou sua carreira no serviço de língua italiana da Reuters, agência à qual foi reincorporada em 2013 como diretora do escritório do Sul da Europa e, mais tarde, como editora-chefe global

08:23 | 13/04/2021

A agência de notícias Reuters anunciou, nesta terça-feira, 13, a nomeação de Alessandra Galloni, de 47 anos, como editora-chefe a partir da próxima semana, tornando-se a primeira mulher a ocupar esse cargo nos 170 anos de história da agência de notícias britânica.

 

Nascida em Roma e atualmente diretora da redação mundial da agência desde 2015, Alessandra substitui Stephen J. Adler, que se aposenta, a partir de 19 de abril, informou a empresa Thomson Reuters, em um comunicado.

 

De Londres, ela vai supervisionar todas as funções editoriais de uma redação que tem 2.500 jornalistas em 200 pontos no mundo.

 

Formada em Harvard e na London School of Economics (LSE), Galloni começou sua carreira no serviço de língua italiana da Reuters, agência à qual foi reincorporada em 2013 como diretora do escritório do Sul da Europa e, mais tarde, como editora-chefe global.

 

Durante seu tempo fora da agência, passou 13 anos em vários postos no Wall Street Journal em Nova York, Londres, Paris e Roma, especializando-se na cobertura de negócios e economia.

 

"Em um momento em que o mundo precisa, urgentemente, de jornalismo independente e imparcial, levamos muito a sério a necessidade de superar os limites para todos os nossos clientes. E é exatamente isso que Alessandra fará", disse o presidente da Thomson Reuters, Steve Hasker.