PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Sem lucro, empresas vão tirar do próprio bolso para pagar trabalhadores, diz Assis Cavalcante

O representante da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza diz que muitos já não têm dinheiro para pagar os funcionários

Beatriz Cavalcante
17:05 | 04/04/2021
Muitos lojistas fecharam as portas (Foto: FABIO LIMA)
Muitos lojistas fecharam as portas (Foto: FABIO LIMA)

Se o Governo do Estado decidir prolongar o lockdown neste domingo, 4, os comerciantes, já sem lucro, vão precisar tirar do próprio bolso para custear a folha de pagamento dos trabalhadores a partir de amanhã, 5 de abril. Esta é a perspectiva do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza, Assis Cavalcante. 

"Muitos não têm dinheiro para pagar e os funcionários não vão receber. Tenho medo de uma convulsão social", complementa. Ele também diz que muitos casos de rescisão contratual devem parar na Justiça do Trabalho em busca de acordo entre empregador e empregado. 

Com informações do repórter Samuel Pimentel