PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Ações da Petrobras despencam nesta segunda-feira, 22

Na bolsa brasileira, a B3, os papéis da estatal as ações da Petrobras operam em queda de 18,3%. No pré-mercado de Nova York, queda era de 16,92%. O mercado tem reagido mal à tentativa de interferência de Jair Bolsonaro na estatal

Irna Cavalcante
11:08 | 22/02/2021
Sede da Petrobras no Rio de Janeiro (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Sede da Petrobras no Rio de Janeiro (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

As ações da Petrobras estão operando em queda nesta segunda-feira, 22, no mercado de capitais. Na abertura da B3, bolsa brasileira, as ações da estatal que estavam cotadas a R$ 22,80, estavam sendo comercializadas a R$ 22,14, às 10h33. Variação negativa de 18,3%. Já no pré-mercado de Nova York os ADRs (recibos das ações da petroleira negociados na Bolsa de Nova York) caíam 16,92%, a US$ 8,35. O mercado tem reagido mal à decisão do presidente Jair Bolsonaro de trocar o comando da estatal.

Na noite de sexta-feira, 19, Bolsonaro anunciou a indicação do general Joaquim Silva e Luna, atual diretor da Itaipu Binacional, para a presidência da Petrobras, no lugar de Roberto Castello Branco. A decisão precisa ser aprovada pelo Conselho de Administração da estatal, que deve se reunir nesta terça-feira, 23.

Antes do anúncio da troca, as ações da estatal já tinham caído de maneira mais intensa por conta de declarações anteriores de Bolsonaro. As ações preferenciais da Petrobras recuaram mais de 6% na Bovespa, enquanto as ordinárias caíram 7,50%. Com a queda, a companhia perdeu em um único dia R$ 28 bilhões em valor de mercado, segundo dados da Economática.

LEIA MAIS|

Mourão atribui demissão de Castello Branco 'talvez, à falta de comunicação'

Bolsonaro indica Joaquim Silva e Luna para presidência da Petrobras

'Semana que vem teremos mais', diz Bolsonaro sobre mudanças na Petrobras

Bolsonaro zera imposto federal do diesel e ameaça presidente da Petrobras