PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Na Ceasa, preço de frutas caem até 38%

É o caso do abacate, que está sendo comercializado a R$ 3,50/kg. Veja o que mais caiu de preço e o que está mais barato na Ceasa de Maracanaú.

Irna Cavalcante
11:03 | 12/02/2021
Queda nos preços das frutas chega a 38% na Ceasa (Foto: FCO FONTENELE)
Queda nos preços das frutas chega a 38% na Ceasa (Foto: FCO FONTENELE)

O mercado agrícola no entreposto da Ceasa em Maracanaú, região metropolitana de Fortaleza, registrou nesta semana queda de preço expressiva em algumas frutas. É o caso, por exemplo, do abacate que está sendo vendido a R$ 3,50, o quilo. Queda de 38% em relação ao início do mês.

Também tiveram recuo nos preços: a acerola, que teve queda de 30%, e está sendo vendida a R$ 3,50 o kg; o melão que está custando, em média, R$ 2, o quilo (-15%); e a melancia (-10%), comercializada a R$ 1,30/kg.

“Por estarem saindo de safra, as mangas estão com preços elevados. A moscatel está sendo vendida a R$ 2,70/kg e a Itamaracá a R$ 1,50/kg. Preço elevado também para a tangerina, R$ 6,40/kg” explica Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa-CE.

Ele explica que a baixa na produção de cebolas na região do Vale do São Francisco tem pressionado os preços do produto, que estão sendo comercializados, em média, por R$ 4,20/kg. Alta de 31,2%. 

Nas hortaliças folhosas, preço em alta também para o alface (R$ 2 a unidade) e o repolho (R$ 3,20/kg). “Por outro lado, preço bom para o tomate cajá, que está custando R$ 2,20/kg e o longa vida, R$ 2,80/kg”.