PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Exportações de calçados brasileiros caem de 22% em janeiro, diz Abicalçados

18:03 | 05/02/2021

Em janeiro, a indústria calçadista brasileira exportou 9,73 milhões de pares, o que corresponde a US$ 60,93 milhões. Os números mostram uma queda de 22,2% em volume de pares e de 33,2% no montante em dinheiro. Ainda assim, os números são os mais altos desde abril de 2020 e representam ligeira alta de 5% em pares e de 2,1% em valores, em relação dezembro. Os dados foram adiantados ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados).

Para o presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, uma vez que no início de 2020 ainda não havia o impacto da pandemia nos números de exportação, essa base de comparação se tornou alta.

Em sua visão, é provável que nos próximos dois meses os dados ainda sejam inferiores aos de 2020. Por outro lado, o executivo mantém a expectativa de crescimento de terminar o ano de 2021 com uma performance 14,9% melhor do que no ano passado.

O principal destino das exportações de janeiro foi os Estados Unidos, para onde foram embarcados 950 mil pares por US$ 13,36 milhões, queda de 18,8% em volume e de 30,8% em receita, ante o mesmo mês de 2020.

O segundo foi a França, para onde foram exportados 508 mil pares por US$ 4,82 milhões, queda de 35,5% no número de pares e de 27,8% em dinheiro. O terceiro foi a Argentina, com 516,77 mil pares e US$ 3,8 milhões, aqui uma alta de 15,8% em volume e queda de 20,6% em receita.

Importações

Em relação às importações, também houve queda no mês de janeiro quando comparado ao mesmo período de 2020: elas caíram 28% em volume e 47% em receita. No período, foram embarcados 1,98 milhão de pares, pelos quais foram pagos US$ 21,8 milhões.